Classificação

7.5
Interpretação
7
Argumento
8
Realização

[Contém spoilers]

Mayor of Kingstown, a nova série da Paramount+, acompanha a família McLusky, composta essencialmente por Mike (Jeremy Renner), Mitch (Kyle Chandler), Kyle (Taylor Handley) e Miriam (Dianne Wiest), que vive numa pequena cidade do Michigan onde a única indústria que resta é a das prisões. Assim, a família funciona como ligação entre os inúmeros elementos que constituem a cidade, guardas prisionais, reclusos, criminosos, polícia e políticos.

Apesar de a premissa ter despertado o meu interesse, confesso que o motivo principal que me levou a querer ver o primeiro episódio de Mayor of Kingstown foi Jeremy Renner, sendo que estava curiosa para o ver noutro papel que não o de Clint Barton/Hawkeye. Embora o episódio não tenha permitido perceber muito bem todo o potencial do seu papel, não desapontou nem um pouco.

O que também não desapontou foi a história. É certo que as minhas expectativas não estavam muito altas, mas, mesmo assim, The Mayor of Kingstown conseguiu surpreender-me, sendo que no geral considero que foi um bom primeiro episódio. Este não só consegue prender a nossa atenção ao longo de quase 1h, algo que poderia ser um pouco difícil, como nos leva a querer ver o próximo episódio e ainda nos mostra que ninguém está a salvo naquela série.

Definitivamente, Mayor of Kingstown mostrou que não tem problema nenhum em matar personagens, mesmo que estes aparentem e/ou sejam importantes. Um exemplo disso é a morte de Mitch. Não estava de todo à espera que o fossem matar, muito menos no primeiro episódio. No entanto, consigo perceber perfeitamente o porquê de o terem feito. Assim, Mike pode assumir o lugar do irmão como “Mayor of Kingstown”.

Relativamente à indústria das prisões, apesar de não ter sido ainda muito desenvolvida, já deu para perceber algumas coisas e parece-me haver bastante potencial. Fiquei curiosa para entender mais sobre como esse mundo funciona, qual o impacto real na cidade e como é que se vai desenvolver o papel de Mike a partir daqui, especialmente dentro desse mundo. Portanto, sem sombra de dúvida que não me vou ficar somente por este primeiro episódio de Mayor of Kingstown.

Cármen Silva