Grey’s Anatomy – 12×13 – All Eyez On Me
| 12 Mar, 2016

[Contém spoilers]

Callie, Bailey, Jackson e Meredith preparam-se para ir fazer uma cirurgia arriscada a um hospital militar. Treinam o procedimento juntos, mas a sua ida acaba por ser antecipada. Está na altura de pôr mãos ao trabalho. Não são muito bem recebidos pelo médico do paciente e eu até o percebo. A sério, aquela cirurgia tem tudo de estranho. Vão deixar o homem só com uma perna – mas não da forma como algumas pessoas têm apenas uma perna, mas depois podem colocar uma prótese, não é esse caso. Como é suposto que o homem venha a andar?

Sem o tempo ideal para se prepararem, depressa as coisas começam a correr mal para o lado de Callie durante a cirurgia. É ela a cirurgiã principal do caso, mas fica um bocado à toa quando vê que não tem grande margem de manobra para trabalhar. Tira um tempo – literalmente a meio da cirurgia, com o paciente aberto – para ir pensar no que fazer a seguir. Geez, às vezes os médicos fazem coisas que não inspiram confiança nenhuma!

Ao fim de um bocado, Callie acaba por regressar e a cirurgia continua. Corre bem, mas não me atreveria a chamar-lhes dream team. É claro que são médicos talentosos, mas acho que aqui foi uma questão de a sorte ter estado do lado deles. Lucky team é mais apropriado! Meredith ainda deu o número de telefone ao médico que trabalhou com eles, depois deste se ter mostrado interessado.

No Grey Sloan Memorial Hospital foi o caos do costume, com as urgências cheias de gente. Que inferno, só cheerleaders irritantes! Não se calavam, sempre a serem mázinhas umas com as outras e a líder com a mania que é a maior. Tudo isto gerou uma série de pequenas conversas entre os médicos do caso. Já sabíamos que Stephanie tinha sido uma brilhante cheerleader e chefe de claque, mas descobrimos que Penny detestava o liceu (parece que é uma coisa em comum com Callie). Maggie ouve a habitual piadinha sobre ser sempre a mais nova, Ben sobre ser o mais velho… Mas concordo totalmente com Alex, aquele hospital parece-se muito com o liceu. Já há muitas temporadas atrás houve um episódio em que essa questão veio à baila. As pessoas conseguem ser muito idiotas umas com as outras, toda a gente já dormiu com toda a gente, escondem-se segredinhos… Enquadra-se.

Também se falou de favoritismos, nomeadamente que Jo teve a sorte de ir com os quatro assistentes ao hospital militar porque namora com Alex. Por essa lógica, há muitos residentes com possibilidade de favoritismo. Ou andam envolvidos com um assistente ou vivem com um…

E Ben, Ben foi ousado! Totalmente, uau! Estavam dentro de um hospital, a sério que não dava para arranjar nada mais adequado para abrir um paciente? Ok, salvou uma vida, mas… Muito à G.I. Joe para o meu gosto. Bailey teve que o repreender e dar-lhe uma suspensão de uns dias. O episódio não foi mau, mas faltou-lhe algo para ser verdadeiramente interessante.

Consideração rápidas:

  • Finalmente Maggie assumiu a relação com Andrew. Mas é impressão minha ou ele, que tanto queria isso, pareceu não ter ficado muito satisfeito? Pois, andar às escondidas, embora cansativo, deve ser muito mais divertido…

Diana Sampaio

Se ainda não conhecem os nossos parceiros de Grey’s Anatomy (Portugal), espreitem aqui!

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos