Agent Carter – 01×03 – Time and Tide
| 16 Jan, 2015
1×03 – Time and Tide

1×03 – Time and Tide

Contém Spoilers!

Segunda semana da nossa nova série e, ironicamente, tenho de vos informar que estamos apenas a cinco episódios do season finale. Tratando-se de uma série com poucos episódios, Agent Carter tem pouco tempo para demonstrar o seu valor de forma a ser repescada para uma segunda temporada… a ver vamos o que acontece!

Peggy vai visitar Jarvis à mansão de Howard para tentar perceber o roubo para tentar detetar as armas roubadas. Tudo decorreria com normalidade, não fossem os seus colegas da SSR aparecerem para questionar/prender o mordomo pela suposta autoria da explosão na Roxxon Oil Refinery.

Já na sede da SSR, o personagem Jarvis volta a surpreender pela postura sarcástica, muito semelhante à da família Stark, que tão bem conhecemos. Quando este está prestes a contar os segredos mais escondidos do seu patrão, Peggy arranja forma de o libertar… não sem levar uma valente descompostura do chefe Dooley.

Com a situação de volta à normalidade, Peggy regressa à mansão e, juntamente com Jarvis, descobre o navio onde estão escondidas as armas roubadas! Seguindo o raciocínio do mordomo, manda-o ligar à SSR para que estes vão resgatar as tão perigosas armas. Enquanto não chegam, Peggy dá-nos mais uma lição de combate! Conseguiu mostrar ao misterioso brutamontes que não se deve brincar com ela.

Contrariamente ao que seria de esperar, Krzeminski e o novo prisioneiro são executados, alegadamente por um dos homens do grupo Leviathan, isto porque o modus operandi é semelhante ao que visualizamos nos episódios anteriores. Apesar da música emotiva e de toda a consternação demonstrada nos minutos finais, confesso que esta morte me foi indiferente! O pouco protagonismo de Krzeminski, excelente desempenho de Kyle Bornheimer, demonstrou-nos um idiota machista, interesseiro e pouco inteligente. Para piorar a situação, a boa ideia para tentar amenizar a situação de Howard Stark resulta mal… esta morte aparatosa acaba por ser indiretamente relacionada ao inventor multimilionário.

Por fim, Peggy resolve dar uma oportunidade à sua amizade com Angie, e vai visitá-la ao pequeno snack-bar onde esta trabalha. Julgo que o interesse de Angie vai mais além da amizade, mas ainda é cedo para avançar com suposições.

Aguardava ansiosamente por este episódio para ver em que medida Peggy começava a desvendar todo o seu potencial, no entanto, ainda não foi desta vez que tal aconteceu… Agent Carter tem de rever esta situação para tentar conquistar níveis de audiência fantásticos para garantir a renovação.

Questões em análise:

  • Terá mesmo o agente Sousa um fraquinho por Peggy? A ideia que, nos episódios iniciais, me pareceu descabida, começou lentamente a ganhar forma. No entanto, sendo ele introvertido, julgo que não haverá nada entre ambos.
  • Jarvis começou a revelar que afinal aquela fachada de homem certinho esconde muitos segredos! Que será ele capaz de fazer para salvar aqueles que lhe são queridos? Não nos esqueçamos que ele venera Howard Stark.
  • A SSR começará agora a utilizar o potencial de Peggy? Pois é… surgiu uma vaga para agente de campo!  Espero bem que comecem a aprofundar a exploração da personalidade da nossa agente preferida.

Nota: 7.5/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos