Penny Dreadful – 01×04 – Demimonde
| 04 Jun, 2014

E já cá está mais um review fresquinha de Penny Dreadful! Como sempre, a espera semanal foi desesperante dado o elevado número de questões que esta série levanta… E este episódio levantou ainda mais dúvidas que o habitual! Em todos os episódios tem ocorrido uma contextualização das personagens, com este não poderia ser diferente… Mas em vez de ficarmos a saber mais sobre Ethan, não ficamos! Comparativamente aos episódios anteriores, este foi o que menos gostei… O meu problema é que estou perdidamente viciado em Penny Dreadful e já só temos mais 4 episódios até ao final da temporada! Atenção, a partir deste momento não me responsabilizo se forem “mordidos” por spoilers!

O episódio começa com o regresso do enigmático e misterioso Dorian Gray! Adoro-o! Está ele em plena orgia na sua mansão… Mas reparamos que Dorian sente-se sozinho no meio da multidão: olha em seu redor, vê como todos se divertem, observa as dezenas de quadros que cobrem as paredes… Mas aquele brilho no olhar de solidão está lá… Após o fim da festa lá vai ele a uma divisão secreta observar um quadro! Pela história de Dorian Gray, no romance de Oscar Wilde, trata-se de um jovem egocêntrico que vive em função da busca de sensações intensas… Supostamente (porque não sei se a série vai respeitar esta linha de desenvolvimento) Dorian vendeu a sua alma em troco da juventude eterna e será esse quadro que envelhecerá…

Já na manhã seguinte, Vanessa está à porta de uma igreja quando é abordada por uma menina… A cena entre ambas é enternecedora e dá-nos a conhecer uma faceta que Vanessa ainda não havia mostrado! Sim Vanessa sorri e gosta de crianças! A criança questiona-a sobre a razão dela não ter entrado na igreja. Pois aqui também está a minha dúvida: será que ela não entra devido aos seus poderes mediúnicos que a ligam a um espírito milenar egípcio poderoso? Mas também há outra hipótese: Vanessa pode simplesmente andar a perseguir Dorian! Quando ele sai da igreja, ela prontamente se levanta e persegue-o até ao jardim botânico… Aqui Dorian demonstra ser um grande conhecedor de plantas e introduz Vanessa neste novo mundo… A conversa deles parece ser bastante íntima, raiando o erotismo! Ele tem de sair, mas afirma que irá ao teatro nessa noite e Vanessa manifesta interesse… Definitivamente neste episódio temos outra Vanessa! Largou aquela postura rígida…

É-nos apresentada mais uma figura mítica: Van Helsing é o hematologista que ajudará Frankenstein a decifrar os segredos do sangue vampírico! Confesso que fiquei desiludido com a idade avançada de Van Helsing, estava à espera de alguém mais jovem para se juntar à “elite de luta contra o vampiro”. O experiente hematologista diz a Victor que conhece o segredo do sangue… Que se trata de alguém que consome sangue humano, daí as características tão peculiares! No meio desta reunião controlada por Sembene, Victor vai à janela e vê Caliban… Mais uma vez o seu primogénito pressiona o criador para que crie uma companheira para si! Mas Victor diz que precisa de tempo, dinheiro, instrumentos e uma vítima… Caliban pede apenas que seja bonita, pois eles serão o futuro da humanidade! Para se despedir, Caliban auto-intitula-se de mestre de Victor!

E pronto, lá vou eu descrever a parte mais complexa do episódio: Ethan! Para não variar, Ethan está a “brincar” com Brona no seu quarto… Ela confessa como entrou no mundo da prostituição… Ainda jovem estava noiva de um homem bastante bruto e, num dia em que o sexo entre eles foi mais violento, ela não teve o apoio da mãe! Desamparada, ela entrega-se a um homem a troca de dinheiro… Sensibilizado e completamente apaixonado pela prostituta, Ethan convida-a para ir ao teatro… Mas antes disso tem de ir trabalhar!

Já na casa de Sir Malcom e na companhia de Victor, Ethan recusa-se a doar sangue para a transfusão de Fenton que se encontra prisioneiro na cave! Não havendo alternativa, o voluntário é Malcom! O que Victor pretende é verificar se Fenton perde alguns dos seus hábitos vampíricos, o que não acontece!

Já de noite, Malcom e Frankenstein estão sozinhos em casa… O primeiro conta os seus planos de partir para África brevemente e o segundo não esconde a desilusão de não ser escolhido como companheiro de viagem! É aqui que Malcom refere que vê Victor como respeito e algum carinho enquanto Ethan é apenas um excelente guarda-costas… Ouvem um ruído, sobem as escadas e encontram o mestre vampiro que veio procurar Vanessa! Fenton, que se havia libertado, ataca Malcom enquanto o seu amo foge… Durante a luta, Malcom mata-o acidentalmente…

Como era previsível, Vanessa vai ao teatro apenas para ver Dorian… Mas Ethan também lá está com Brona! No intervalo cruzam-se e começam a conversar, mas Brona não se sente confortável com o facto de Dorian a conhecer e com a atenção que ambos os homens dão a Vanessa… Faz birra, sai para ir embora, bate em Ethan e diz-lhe que só voltará a ter sexo com ele como contratada! O jovem fica desiludido e surge Dorian que o convida para uma saída a dois! Lá vão eles para um local secreto onde se realizam apostas sobre o número de ratazanas que um cão consegue matar! Enquanto todos deliram com a chacina, Ethan sente-se incomodado e afasta-se… Ao ser importunado, envolve-se numa luta!

Vanessa chega a casa e Malcom conta-lhe o que se passou! Apercebem-se que afinal Mina poderá não estar a pedir socorro, mas a querer vingar-se de ambos! Aqui trocam acusações por terem traído a filha de Malcom…

Voltando a Dorian e Ethan… Estão em casa de Dorian, bebem absinto, conversam, brindam em honra da misteriosa Vanessa… E Ethan dirige-se ao seu anfitrião, despe-o e beija-o! O episódio termina por aqui. Confesso que não estava à espera desta cena final! Durante todo o episódio vemos um Ethan bastante introspetivo, a relembrar a violência das mortes inexplicadas que ocorreram anteriormente… Há ali algo na consciência dele que o faz sentir culpado! A personagem dele, que foi secundarizada nos primeiros episódios, tem revelado uma importância crescente… Espero que os próximos episódios sejam mais generosos sobre informações desta personagem!

Como já disse anteriormente, este episódio foi o que menos gostei! Mas, pelo tamanho do review, já deu para perceber que muitos factos importantes ocorreram!

Questões que deixo para os próximos episódios:

– Que se passa com Ethan? Porque se recusou afincadamente em doar sangue? Será que ele é mesmo o lobisomem/criatura responsável pelas mortes que vão acontecendo?

– Afinal de que forma Malcom e Vanessa traíram Mina?

– Vai Victor criar uma parceira para Caliban?

– Qual o papel de Vanessa para Dorian e para o mestre vampiro?

– Brona vai morrer? Ela estava a tossir e a perder imenso sangue!

Nota: 8.5/10

Rui André Pereira

 

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos