A atriz que protagonizou recentemente o drama da BBC e da Netflix, The Serpent, Jenna Coleman, irá agora interpretar mais um papel principal, desta vez na nova série dramática The War Rooms.

Criada por David Chidlow (Moving On) e David Parfitt (The Father) a série explora a história das mulheres que viveram, amaram e triunfaram no bunker secreto de Winston Churchill em Whitehall. Coleman irá dar vida a Joan Bright, a mulher que liderou esse mesmo bunker. Na vida real, Joan Bright foi a ex-namorada de Ian Fleming, autor do famoso James Bond, e acredita-se que terá sido a inspiração para a personagem Miss Moneypenny, dos livros e filmes de Bond.

Cada temporada cobrirá cerca de 12 a 18 meses da guerra,  desde o choque da guerra até ao impulso final que levou o Reino Unido à vitória e mudou o país para sempre.

A atriz afirma que “Bright não seria alguém que levaria uma vida convencional” e que a história “é tão convincente, não apenas por causa da mente única e liberal” da sua personagem, mas também pela “beleza da ligação humana ao viver numa época em que ninguém sabe o que acontecerá no dia de amanhã”.

Para além de The Serpent, Coleman fez ainda parte do elenco de séries como Doctor Who, The Cry e Victoria.