Classificação

9
Interpretação
8
Realização
8.5
Argumento
8
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Reservation Dogs é mais uma comédia que muito provavelmente vai passar despercebida à maior parte dos olhos virados para a televisão. É transmitida no FX, um canal dos E.U.A. que continua a dar-nos produtos de excelente qualidade. A mais recente produção das mãos de Taika Waikiki é exemplo disso mesmo.

No centro da trama está um grupo de quatro crianças de uma reserva de nativos americanos. Determinados a escapar da própria realidade e a injetar algum tipo de adrenalina nas suas vidas, recorrem ao crime para juntar dinheiro e fugirem para a Califórnia. O piloto de meia hora de Reservation Dogs apresenta-nos o quarteto principal e possíveis focos de conflito que terão de enfrentar para alcançar a sua missão, assim como personagens secundárias que imediatamente abraçamos, com quem simpatizamos e que esperamos que regressem.

É uma história sobre legado, luto, amizade, destino e até com algum sobrenatural. É também um conto banal de adolescentes, revoltados com o mundo, que tentam encontrar o seu caminho, ainda perdidos entre a tradição da cultura e o desejo de algo mais, um “gangue” disposto a fazer tudo por um futuro diferente, mas sem esquecer a amizade que os une e o bom coração que têm.

A comédia nunca é de provocar gargalhadas, mas é daquelas que nos deixa um sorriso constante na cara. A riqueza da história e da interpretação está nos detalhes. Temos drama real, mas temos também um espírito índio guerreiro que teve uma morte inglória no campo de batalha, um tiroteio drive-by com armas de paintball, vendas ilegais usando sacos de batatas fritas e um duo de rappers que nos vão dando as novidades das redondezas… Reservation Dogs (num assumido trocadilho com Reservoir Dogs) é uma comédia com asas para voar para onde bem lhe apetecer, mas capaz de estar bem presa ao chão, com drama e coração. O elenco é completamente desconhecido, mas consegue imediatamente criar empatia.

Há vida para lá do streaming. Pequenas pérolas como Reservation Dogs não podem passar despercebidas. Abraça estes jovens “delinquentes”, porque de certeza que irão conseguir sacar-te sorrisos e talvez uma lágrima ou duas. Não irá abalar o teu mundo, mas é de certeza algo diferente e fresco de que o teu ano precisa.

Por cá, podes acompanhar a série no Disney+, a partir do dia 13 de outubro.

Vítor Rodrigues