Only Murders in the Building – 01×01/02/03 – True Crime
| 31 Ago, 2021

[Não contém spoilers]

Chegaram hoje ao Disney+ de Portugal, os dois primeiros episódios de Only Murders in the Building (o serviço cedeu-nos os três primeiros para esta review). A nova série de comédia dramática da Hulu é protagonizada por Selena Gomez, Steve Martin e Martin Short, que dão vida a Mabel, Charles e Oliver, respetivamente, três vizinhos que descobrem que têm um gosto em comum por crimes e mistérios. Após a morte de um dos seus vizinhos, Tim Kono, os três protagonistas decidem investigar o caso por conta própria, com a particularidade de que isso impulsionará a criação de um podcast.

Tenho quase 100% a certeza que, tal como eu, assim que terminares de ver o primeiro episódio da série vais querer logo ver os restantes. Apesar de ser de curta duração, True Crime consegue ser um excelente episódio piloto para Only Murders in the Building, que não só prende a nossa atenção logo nos minutos iniciais, como faz um bom desenvolvimento do mote principal nos restantes minutos, e ainda uma boa apresentação dos personagens, tanto a nível individual como em conjunto, conseguindo inclusive criar uma boa dinâmica entre elas, algo que poderia não ser tão bem conseguido, principalmente se as atuações e o argumento não fossem bons, dado que se tratavam de desconhecidos. Em tão pouco tempo conseguem fazer-nos realmente ficar interessados na história apresentada, e também fazer-nos importar com os personagens, levando-nos a querer saber mais sobre o que é que aconteceu, sobre o que é que ainda vai acontecer, e ainda sobre a história de cada um deles. Os restantes dois episódios intensificam ainda mais essa curiosidade, à medida que vão sendo reveladas novas informações.

Acreditem, assim que terminarem estes três episódios vão desejar que os restantes sete já estivessem disponíveis. Admito que se a temporada tivesse saído logo toda eu teria definitivamente feito binge-watch sem pensar duas vezes, ainda para mais sendo que os episódios têm em média cerca de 30 minutos cada um. Pelo que se veem praticamente num abrir e fechar de olhos. Para além disso, temos uma história bem desenvolvida que não nos enrola muito e é capaz de nos prender do início ao fim, já para não falar que os episódios terminam quase sempre com um pequeno cliffhanger, fazendo-nos querer ver sempre mais.

Embora as minhas expectativas já estivessem ligeiramente altas, não só pelos atores, especialmente por Selena Gomez, mas também por parecer ser mesmo o tipo de série que desperta o meu interesse, ainda consegui me surpreender e gostar bem mais do que estava à espera. Ainda que pareça que dentro deste género de crime e mistério já tenhamos visto de tudo, dado a quantidade absurda de séries que existem, Only Murders in the Building consegue diferenciar-se. Nem que seja pelo facto de três civis, com histórias, idades e personalidades totalmente distintas, decidirem investigar uma morte por conta própria e nesse processo criar um podcast. É bastante engraçado ver como esse processo começa, como é que se vai desenvolvendo, e o impacto que tem na história. Definitivamente é um toque que faz toda a diferença na série. Para além disso também há momentos bastante divertidos capazes de nos levar ao riso. É portanto uma série leve, embora envolva crimes, divertida e cativante.

Posto isto, só me resta agora esperar ansiosamente pela estreia dos restantes episódios. Quanto a ti, se ainda não viste, deixa tudo o que estás a fazer (ou que tens para fazer) e vai ver Only Murders in the Building. Acredita que vai ser um bom serão e quando deres por ti já viste os dois episódios disponíveis. Para aqueles que já viram, tenho ou não tenho razão? Vale ou não vale a pena ver? Esperemos é que se mantenha assim ao longo da restante temporada.

Cármen Silva

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos