Last Resort – 01×01 – Captain
| 27 Ago, 2021

Last Resort, a nova velha série do AXN, é da autoria do criador de The Shield, Shawn Ryan, e de Karl Gajdusek. E pode-se dizer que este primeiro episódio não deixa a desejar em termos de ação. Está muita coisa a acontecer, não só à frente dos nossos olhos, mas também nas sombras. Conseguimos sentir e aperceber-nos que algo de grandioso se está a desenhar neste universo, só ainda não se sabe bem o quê.

Tudo começa a dar para o torto quando o Capitão Marcus Chaplin (Andre Braugher) do submarino nuclear Colorado é confrontado com aquele momento horrível em que recebe ordens para disparar as suas armas nucleares no Paquistão. Ordens estas vindas sob circunstâncias altamente suspeitas e por vias também pouco convencionais. Tudo isto leva a que ele e o seu subcapitão, Sam Kendal (Scott Speedman), se recusem a cumprir a ordem recebida sem pelo menos terem mais informações. Será que essas informações vão chegar? Ou será que algo inesperado vai acontecer? A resposta chega pouco depois e os problemas não ficarão certamente por aqui.

O universo da série está, aliás, rodeado de problemas: um presidente americano perto do impeachment, com o seu governo a parecer dominado por uma conspiração de tipos obscuros; bombas e mísseis parecem ser lançados como se de uma bola se tratasse e muitas outras coisas em apenas um episódio. Não nos podemos queixar de coisas a acontecer. Se são coisas interessantes e viáveis de realmente acontecerem? Dificilmente! Há muitas coisas com algumas falhas na lógica a acontecer, mas pelo menos dá para passar um bom tempo e só isso já vale a pena.

O elenco é excelente, com Braugher trazendo exatamente a sensação certa de liderança, inteligência e astúcia para o papel de Chaplin (como já nos habituou em Brooklyn Nine-Nine). Sam Kendal também está muito bem, demonstrando um ar totalmente diferente do seu capitão, talvez por ser menos experiente.

Parece-me ser uma série para consumir rápido, ao bom estilo do binge watching, em que ação não vai faltar e muitas coisas, para o bem ou para o mal, vão acontecer. Aliás, estes primeiros 40 minutos fizeram-me lembrar séries do estilo 24 ou Strike Back. É sabido que a série foi cancelada no final da 1.ª temporada e por isso mesmo é tentar aproveitar ao máximo todos os episódios sabendo que o fim chegará rápido demais.

Filipe Tavares

Publicidade

Populares

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos