Classificação

5
Interpretação
2
Argumento
6
Realização
5
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Tinha alguma expectativa em relação ao episódio piloto de HouseBroken. Não muita, para ser honesto, mas alguma, sobretudo pelo sonante nome de Lisa Kudrow, que dá a voz a Honey, a principal cadela desta série animada. No entanto, já devia saber que por muito engraçada que a atriz tenha sido em Friends ou noutra série de comédia, isso não significa que tudo em que participe tenha um selo de qualidade.

HouseBroken acompanha o dia a dia de uma série de animais, mais concretamente a vida do grupo de animais gerido por Honey, que organiza sessões de terapia entre os bichos, para falarem dos seus problemas. O piloto começa após a morte de um dos cães que fazia parte deste grupo e mostra-nos a maneira como os restantes elementos lidam com isso.

O que posso dizer? Não fiquei grande fã da animação, já vi bem melhores. Não fiquei fã do humor, se bem que, para ser justo, foi difícil encontrar algum humor no episódio sequer. O elenco é importante em obras que apenas necessitam da sua voz, mas ninguém se destaca aqui pela sua performance.

A nível de história, a série também se revelou um bocado fraca, não me tendo feito rir nem me tendo deixado interessado em continuar a ver. Garantidamente a minha aventura com HouseBroken fica por aqui. Atenção, não é a pior coisa que já vi, nem de perto. De certeza que encontram reviews minhas com piores notas. É uma série para ver enquanto se passa a ferro! A comédia é um dos géneros mais difíceis de conseguir fazer bem em televisão e esta aposta não trouxe nada que outras produções como Family Guy ou semelhantes não tenham já feito e bem melhor.

E tu, o que achaste deste episódio piloto de HouseBroken? Vale a pena dar uma oportunidade extra?

Raul Araújo