Mrs. Fletcher – 01×01 – Empty Best
| 30 Out, 2019

Publicidade

Mrs. Fletcher é a nova série de comédia da HBO que se centra em Eve (Kathryn Hahn), uma mulher divorciada que acaba de deixar o único filho na universidade e, depois de se deparar com a casa vazia, decide recomeçar a sua vida.

Dizer que esta série é uma comédia não me parece o mais correto. Sim, cada episódio tem cerca de 30 minutos, o que rapidamente se associa ao mundo cómico, mas este piloto esteve muito mais próximo de um drama – não ri uma única vez, nem sequer detetei uma tentativa de fazer o espectador dar uma gargalhada ou até mesmo um sorriso. Achei um primeiro episódio bastante deprimente até, tendo em conta a sinopse e o género que é atribuído à série.

O tema do enredo é importante e não consegue deixar qualquer espectador que tenha abandonado a sua casa para ir estudar para a universidade indiferente. Sendo uma fase da vida tão importante para algumas pessoas há um sentimento de identificação e autoanálise. A cada ação ou fala quer da mãe quer do filho, é-se levado a pensar e a avaliar qual teria sido o nosso comportamento perante a situação. Estando perante uma mãe divorciada que, pela apresentação que o piloto dá, parece fazer tudo pelo seu filho e estar presente sempre quando o seu pai não se digna a aparecer e depois ter um jovem adolescente que só quer festa, sexo e telemóvel sem nunca dirigir uma palavra de carinho à mãe… O espectador tem o direito de se revoltar contra o rapaz e de se indignar durante toda a meia hora. Claro está que esta revolta não vem só, vem acompanhada da tal autoanálise: será que eu fui bom filho?

Quando uma série provoca pensamentos e reflexões prova ser especial, ou pelo menos diferente.

A nível de interpretação, com uma protagonista como Kathryn Hahn, está meio caminho andado para ser algo agradável. Assim, neste aspeto não dececiona, sendo o resto do elenco minimamente bom também. Admito ainda que ver Cameron Boyce no ecrã depois da sua morte me deixou um pouco desprevenida e emocionada – até porque a sua personagem, embora não tenha sido apresentada em profundidade, deixou uma certa esperança para a redenção de Brendan (Jackson White).

Deste piloto espero que suceda uma grande série, mas não estou a ver a comédia a funcionar muito bem aqui – até porque gostei do registo dramático. Se procuras algo leve para ver à hora de almoço não sugiro Mrs. Fletcher com base neste primeiro episódio. Se estiveres pronto para um drama familiar, go for it.

Ana Leandro

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

apples never fall

Recomendamos