Classificação

8
Interpretação
7.5
Argumento
8
Realização
8
Banda Sonora

[Contém spoilers da premissa inicial]

Hierro apresenta-nos um intrigante mistério por resolver, na pequena ilha espanhola de El Hierro, nas Ilhas Canárias. A série da Movistar+ estreou em Espanha, em 2019, mas tem a sua estreia portuguesa marcada para hoje, 1 de julho, na AMC Portugal.

O episódio começa por nos apresentar à juíza Candela, recentemente transferida para a ilha, quando esta é confrontada com o seu primeiro caso: o homicídio de um jovem rapaz, na noite anterior ao seu casamento. Numa comunidade tão pequena, todos os habitantes desconfiam de Díaz, o sogro da vítima, que nunca gostou particularmente dele. Díaz tenta provar a sua inocência à juíza Candela, enquanto tenta encontrar o verdadeiro culpado pelo crime.

Ao início pode parecer uma premissa já gasta, mas considero que o piloto está muito bem conseguido. Gosto muito de mistérios que têm cidades pequenas como pano de fundo, estilo Broadchurch, pois a cidade e os habitantes acabam por ser, também eles, uma personagem fundamental. O episódio fez um ótimo trabalho a apresentar as personagens, revelando já um pouco das personalidades que podem entrar em conflito, como é o caso de Díaz e da juíza, além da relação conflituosa de Díaz com a sua filha. Não houve um momento aborrecido, com ação constante, enquanto assistimos ao desenrolar do caso. Apesar de não serem descobertas grandes pistas neste episódio, é o suficiente para eu querer continuar a ver, pois, de momento, não faço ideia quem poderá ter sido o culpado.

A representação por parte dos atores, bem como o cenário, são também pontos positivos a considerar. Há sempre algo de especial e próximo quando vejo séries espanholas, pela familiaridade da cultura e paisagens imbatíveis. Foi um episódio que me deixou ansiosa e, ao mesmo tempo, com uma sensação de conforto. Não é daquelas séries de thriller que nos deixam sem respirar, é um mistério mais calmo, não sendo pior por isso.

Em suma, o episódio superou as minhas expectativas, conjugando uma ótima produção a nível visual e de atores, com um bom enredo de mistério, que apesar de não revelar muito no piloto, promete surpreender. E tem paisagens tão incríveis, que não deviam ser apropriadas para mostrar a alguém que está confinada há tanto tempo!

Se não conseguiram ver a estreia na AMC Portugal, ainda vão a tempo de voltar atrás na vossa televisão. Se viram, o que acharam?

Ana Oliveira