Classificação

7
Interpretação
5
Argumento
7
Realização
5
Banda Sonora

[Pode conter spoilers]

Betaal é uma nova série de terror da Netflix, com origem na Índia. É a segunda colaboração entre a Red Chillies Entertainment e a Netflix depois de Bard of Blood.

O primeiro episódio deu-me alguns feelings de Aliens ou da saga Rec, sobretudo numa parte do episódio em que uma equipa de soldados entra num túnel e está a ser tudo filmado para os comandantes da operação – digam lá se não vos faz lembrar os filmes que mencionei atrás?

A premissa do primeiro episódio é simples: temos alguém interessado em evacuar um túnel perto de uma aldeia para ali construir uma auto estrada, porém quem mora na aldeia está contra aqueles planos porque dizem que aquele túnel está amaldiçoado e não pode ser aberto senão o mal que ali está contido será libertado. Já ouvimos este tipo de história várias vezes, certo? E já sabemos que a ambição vai falar sempre mais forte e o mal vai mesmo ser libertado, não é? Para chegar ao túnel é preciso passar pelos aldeões e os interessados fazem passar a ideia ao pelotão que foi enviado de que aquela é uma aldeia de resistentes e insurgentes.

Depois de acontecer a libertação do túnel, até porque esse acaba por ser o ponto de partida da história, apesar de acontecer quase no final do primeiro episódio, vamos ficar a conhecer uns magníficos zombies e esqueçam tudo o que já viram antes. Estes zombies não são lentos e ainda por cima sabem usar armas, entre outras habilidades que podem descobrir se quiserem ver esta minissérie de quatro episódios. A questão é sempre a mesma depois de acabar de ver um piloto: será que a história acaba? Será que vai ser renovada? Quatro episódios não será pouco para o objetivo pretendido?

Apesar do argumento não ser nada de novo, os cenários e a fotografia estão bastante boas e na interpretação destaca-se Vineet Kumar Singh no papel de Vikram Sirohi. Sobre o restante elenco duas notas: muitos deles encontraram-se em 24, série indiana baseada na americana com o mesmo estilo, e dos nomes faz também parte Richard Dillane com pequenas participações em várias séries conhecidas como Strike Back, The Last Kingdom ou o filme Argo, e ainda se destaca a presença de Jitendra Joshi conhecido de mais uma série distribuída pela Netflix, Sacred Games. Sobre a banda sonora não consigo referir nada em especial, não é um ponto forte da série.

Basicamente, Betaal é uma série para os fãs do género de terror, mas que também gostem de algo mais leve. Não me lembro de ter apanhado um susto a sério, é para não ser levada muito a sério. Mas como é uma série com poucos episódios vou-lhe dar uma oportunidade até para ver até onde vão as capacidades destes zombies.

Bruno Pereira