A Apple anunciou os detalhes finais sobre o seu aguardado serviço de streaming, Apple TV+!

Com um preço de 4,99€ por mês, a data de lançamento está marcada para 1 de novembro, em 100 países incluindo Portugal. Cada subscrição oferece um período experimental de sete dias grátis e permite ter até seis utilizadores. Os conteúdos on demand não terão publicidade e estarão disponíveis para descarregar e ver offline, com a possibilidade de ver em 4K HDR e Dolby Atmos. Como incentivo adicional, para quem comprar um novo iPhone, iPad, iPod touch, Mac ou Apple TV tem a oferta de um ano gratuito do serviço de streaming.

Com a promessa de novos conteúdos originais a cada mês, no dia do lançamento, o serviço vai ter as seguintes séries originais disponíveis:

See – Um drama épico protagonizado por Jason Momoa e Alfre Woodard, que decorre 600 anos no futuro e onde um vírus deixou toda a humanidade cega.

The Morning Show – Com Reese Witherspoon, Jennifer Aniston e Steve Carell como protagonistas, a série explora o mundo de um programa de notícias da manhã.

Dickinson – Uma comédia negra, onde Hailee Steinfeld é Emily Dickinson, a jovem poetisa rebelde.

For All Mankind – Joel Kinnaman protagoniza a série que imagina o que teria acontecido se os norte-americanos não tivessem sido os primeiros na corrida espacial mundial.

Outras séries originais ainda sem data de estreia, incluem: Servant, um thriller psicológico de M. Night Shyamalan; Truth Be Told, protagonizada por Octavia Spencer e Aaron Paul, explora a obsessão dos norte americanos por podcasts de crime; Little America, inspirada em histórias reais de imigrantes nos Estados Unidos da América; Amazing Stories, a série dos anos 80 de Steven Spielberg re-imaginada; Central Park, uma série de animação com as vozes de Tituss Burgess, Kristen Bell, Stanley Tucci e Kathryn Hahn; Defending Jacob, uma minissérie protagonizada por Chris Evans, que segue a vida de um advogado depois de o seu filho adolescente ser acusado de assassinato; Home Before Dark, um drama de mistério inspirada na história real de Hilde Lysiak; Lisey’s Story, uma adaptação do livro homónimo de Stephen King e protagonizada por Julianne Moore; Little Voice, uma comédia dramática produzida por J.J. Abrams; e My Glory Was I Had Such Friends, onde Jennifer Garner interpreta uma mulher que se encontra à espera de um transplante de coração.