A série dinamarquesa Borgen chega à Netflix no dia 1 de setembro. As três primeiras temporadas da série irão estar disponíveis na maior parte dos países em que a Netflix está presente, incluindo Portugal.

Como já foi noticiado, a Netflix juntou-se ao canal de televisão dinamarquês DR para dar continuidade a Borgen, o drama político dinamarquês por, pelo menos, mais uma temporada, que tem estreia prevista para 2022.

Criada por Adam Price e produzida pela estação televisiva DR, Borgen desenrola-se à volta da ascensão de uma primeira-ministra ao poder e como este poder a corrompe. Uma política centrista menor torna-se primeira-ministra da Dinamarca, contrariando aquilo que se esperava. O título da série significa “o castelo” e é o nome informal do Palácio de Christiansborg, onde os três setores do governo dinamarquês estão sediados: o Parlamento, o gabinete do Primeiro-Ministro e o Supremo Tribunal. Além disso, costuma ser utilizado para mencionar o Governo.

Além de criador, Price também é um dos co-argumentistas do drama, juntamente com Jeppe Gjervig Gram e Tobias Lindholm.

Originalmente, as três temporadas de Borgen, com dez episódios cada foram transmitida entre 2010 e 2013 e contam com nomes como Sidse Babett Knudsen, Birgitte Hjort Sørensen e Emil Poulsen no elenco principal.