Devido a um artigo publicado pelo jornal britânico The Guardian, na última quinta-feira, em que 20 mulheres acusam o ator Noel Clarke de conduta sexual imprópria, o canal Sky decidiu interromper os preparativos para a 4.ª temporada da série Bulletproof. O ator em questão faz parte do elenco regular do projeto e esta foi apenas a primeira consequência das alegações. Entretanto, a cadeia televisiva ITV optou por cancelar a emissão do quinto e último episódio da minissérie Viewpoint e a Academia Britânica de Cinema e Televisão (BAFTA) suspendeu o ator acusado de uma panóplia de comportamentos impróprios, retirando-lhe o prémio que tinha recebido há umas semanas.

Os testemunhos das vítimas mencionam assédio sexual, partilha/captura de vídeos e fotos explícitas, bullying ou toques indesejados, mas Clarke negou as acusações através da mesma publicação. “Se alguém que trabalhou comigo alguma vez se sentiu desconfortável ou desrespeitado, peço desculpa com sinceridade. Nego veementemente qualquer acusação de conduta sexual imprópria e tenciono defender-me destas falsas alegações.”

Por outro lado, um representante da ITV demarcou desde logo a sua posição face às acusações redigidas no artigo, alertando para uma “política de tolerância zero no que toca a bullying, assédio […]”. Sublinha-se ainda que “todos merecem trabalhar num ambiente seguro e de apoio mútuo”, classificando que “deixou de ser apropriada a transmissão do último episódio do drama Viewpoint“. Com o objetivo de limitar a exposição do mesmo, a ITV Hub disponibilizou o capítulo até dia 2, domingo.

Por sua vez, o canal Sky também interrompeu o trabalho com Clarke, pondo em risco o arranque da 4.ª temporada de Bulletproof. No entanto, estão a ser pensadas novas formas de fazer acontecer a nova season sem um dos protagonistas.

Por último, a Dancing Ledge Productions (The Salisbury Poisonings) retirou Clarke do seu programa de novos escritores, em colaboração com a ITV. Consequentemente, este deixou de ocupar o lugar de mentor na iniciativa, sendo substituído a curto prazo por outra figura do meio.