Steven Knight, criador da aclamada série Peaky Blinders admite que, após a sexta e última temporada, a sua série continuará num meio diferente, com um filme.

Embora não exista ainda um plano posto em processo, Knight admite que Peaky Blinders terá a sua conclusão no formato de uma longa-metragem.

Tal como muitas outras séries, Peaky Blinders sofreu atrasos devido à pandemia da COVID-19, tendo recentemente começado as gravações da sua sexta e última temporada. Embora se tenha discutido anteriormente a hipótese de se gravar uma sétima temporada, Knight revela a passagem para o grande ecrã lhe parecia um passo lógico para o grande fenómento que já conta com um universo que inclui livros, roupa e um videojogo, tendo o criador da série sido ainda convidado a produzir um spin-off da série tanto na forma de ballet como de musical.

A quinta temporada da série desenrolou-se durante a crise financeira de 1929, vendo ainda Tommy Shelby a tornar-se um membro do parlamento e a interagir com Oswald Mosley, que lhe traz uma visão diferente do que poderia ser Inglaterra.

Embora ainda não seja oficial a revelação de que a série contará com um filme, Peaky Blinders terá ainda a sua sexta temporada onde temas como o fascismo serão explorados, nesta série que pretende retratar a realidade vivida entre a primeira e segunda guerra mundial.