Comic Con Portugal: os mundos paralelos de Dafne Keen e Amir Wilson
| 10 Dez, 2022

O Séries da TV teve o prazer de participar na conferência de imprensa e no painel da Comic Con Portugal protagonizado por Dafne Keen, que dá vida à personagem principal (Lyra) de His Dark Materials (Mundos Paralelos, em português) que está disponível em Portugal na HBO Max, e Amir Wilson, que interpreta Will Parry, personagem que começa a ter mais relevo a partir da 2.ª temporada.

A 3.ª e última temporada de His Dark Materials começou esta semana e tivemos também a oportunidade de entrevistar estes dois atores sobre algumas das coisas que acontecem. Abaixo, podes ver a entrevista, em formato de vídeo, disponível no nosso canal do YouTube.

Conferência de imprensa e painel:

Os jovens atores entraram um pouco a medo e pouco habituados a estas andanças, mas ganhando energia e coragem ao longo do painel, acabando já com o à-vontade para brincarem um com o outro e serem um pouco mais eles próprios. De notar que Dafne tem 17 anos e Amir 18. Ao longo da conversa, o tema da idade e da fama veio ao de cima e para já eles não têm queixas. Dizem que têm tido sorte com o tipo de fãs que têm. Apesar de saberem que às vezes há alguns extremismos, ainda não sentiram isso na pele.

Começou por se abordar um dos pontos principais pela qual a obra de Phillip Pullman é conhecida, pela profundidade dos temas que a obra aborda, o controlo religioso, a liberdade, entre outros. e como é que adaptarem e viverem essa mesma obra afeta a sua visão do mundo. Para Dafne, não mudou propriamente, mas deu-lhe mais bases, mais informação. Tiveram que fazer muita pesquisa, mas continuavam a tirar as suas próprias conclusões.

Para Dafne, o maior desafio de interpretar Lyra foi tentar adaptar de forma realista um mundo de fantasia sem perder o elemento humano. O seu grande objetivo era ser o mais realista e humano possível. Amir, por outro lado, tentou aprender muito com a sua personagem, considerando que Will faz tudo bem, ao contrário dele (Amir), que toma decisões erradas constantemente. Apesar da sua tenra idade, Dafne considera que terem a mesma idade, ou perto disso, das personagens que estão a interpretar ajuda bastante porque estão a passar pelo mesmo que estas.

A pergunta inevitável, se os atores leram e se inspiraram nos livros, teve uma resposta mais surpreendente. Dafne leu e gostou, mas Amir leu numa ordem estranha. Como a sua personagem aparecia mais no segundo livro, leu primeiro o segundo, depois o terceiro e depois o primeiro. No entanto, as boas notícias é que não houve nenhum grande ponto dos livros que tenha ficado por adaptar. Houve grandes adaptações feitas ao enredo de Billy Costa, mas para se ajustarem mais à série do que ao livro. Sobre o final da série, ambos se mostraram contentes com o final da história e das suas personagens.

Outra série com uma grande base de fãs é Doctor Who, que é do mesmo canal britânico que His Dark Materials, e descobrimos que Amir já trabalhou como cameraman na série. Agora que His Dark Materials acabou, Dafne vai participar numa série de Star Wars ,mas não pode revelar muito e vai fazer alguns filmes indie, pois considera que é nestes que um ator pode revelar mais a sua arte e capacidade. Amir vai participar num filme mais dramático, que é uma mudança face à fantasia onde tem participado ao longo da sua carreira.

Na entrevista, os atores falam do contacto que tiveram com Phillip Pullman e ainda de mais pormenores específicos sobre esta 3.ª temporada.

Artigo atualizado a 17/12/2022

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos