Baseada na banda desenhada da DC Comics, Lucifer é a nossa sugestão do mês. A história acompanha o Diabo, aborrecido e infeliz com a sua vida no Inferno, até que decide reformar-se, abandonar o trono e mudar-se para Los Angeles, onde começa a ajudar a polícia a fazer o que mais lhe dá prazer: castigar criminosos. Lucifer teve a FOX como casa durante as três primeiras temporadas, até ser cancelada pelo canal de origem e resgatada pela Netflix. Agora, a série completa está disponível no serviço de streaming, sendo que a segunda parte da 5.ª temporada estreou no passado dia 28 de maio e ainda terá uma 6.ª e última temporada.

Personagens:

Lucifer

Lucifer (Tom Ellis) – Lucifer é o diabo, um facto que ele faz questão de não nos deixar esquecer. O diabo fartou-se do inferno e vem viver uma vida de luxo em Los Angeles, até ter conhecido Chloe, ter ficado intrigado por ela e decidir que ia fazer da vida apanhar e castigar criminosos. No fundo, a missão que Deus já lhe tinha atribuído. Cheio de bom humor e com muitas piadas em todos os episódios, Lucifer (e Tom Ellis) cativa-nos com o seu estilo irreverente e único. Um bónus é que rapidamente descobrimos que Tom tem uma bela voz de um anjo e todas as temporadas incluem Lucifer num número artístico que envolva cantar. O diabo pode ser significado de má sorte, mas ao longo desta série quem tem má sorte é mesmo o próprio Lucifer, enquanto vai tentando equilibrar a sua vida na terra, contra todos os que o querem fazer regressar ao seu lugar.

'Chloe Decker'

Chloe (Lauren German) – Chloe é uma detetive no Departamento da Polícia de Los Angeles (LAPD), especialista na investigação de homicídios. Após conhecer Lucifer durante a investigação de um homicídio, Lucifer passa a formar uma dupla com Chloe. Da sua parte, a detetive continua intrigada com o comportamento de Lucifer, mas aceita a sua ajuda relutantemente. Ao longo da série vamos vendo a evolução da sua parceria, e a maneira como Chloe, uma pessoa intrinsecamente boa, começa a aceitar ou, pelo menos, a ver o lado positivo, das técnicas pouco ortodoxas de Lucifer. No plano pessoal, Chloe está separada de Dan, também detetive do LAPD, com quem tem uma filha chamada Trixie. Terra à terra, extremamente inteligente e com um forte sentido de ética, orgulha-se de ter escolhido uma profissão em que pode restaurar a ordem em situações caóticas. Desse ponto de vista, é a antítese de Lucifer.

"Dan Espinoza"

Dan (Kevin Alejandro) – Ex-marido de Chloe e o pai de Trixie, Dan também desempenha funções como detetive no LAPD. Embora seja movido pela sua vontade de ajudar pessoas e esteja interessado em ser cada vez melhor, nem sempre toma as decisões mais acertadas. Além disso, tende a ser o alvo das piadas de Lucifer e não gosta particularmente da amizade entre o protagonista que dá nome à série e Chloe. Ainda assim, depois de conviver com Lucifer, o detetive encontra pontos em comum. Originalmente, Dan chefiava Choe na polícia, mas acabou por ser suspenso depois da resolução de um caso ter corrido mal. Contudo, voltou a exercer a profissão sendo despromovido para o cargo de detetive.

"Mazikeen"

Mazikeen (Lesley-Ann Brandt) – Também é conhecida por Maze e é um demónio feroz que tem a forma de uma mulher bonita e jovem. Ela é a melhor amiga de Lucifer e trabalha ao lado dele na discoteca Lux, em Los Angeles. Com um sentido de humor sarcástico e poucas vezes compreendido, Mazikeen alinha em tudo o que envolva tortura. Ela é abertamente pansexual, tendo em conta que já se envolveu tanto com homens, mulheres e outros demónios. Também está implícito que Maze e Lucifer foram amantes em algum momento das suas vidas.

"Amenadiel"

Amenadiel (D.B. Woodside) – Amenadiel é irmão de Lúcifer, e começa por ser exatamente o que o irmão não é, justo, fiel, leal e um bom anjo, exatamente como o seu pai o criou para ser. Vem para a Terra com uma única missão, convencer Lucifer a regressar ao Inferno. No entanto vai evoluindo muito ao longo da temporada, à medida que cria relações com outras pessoas e vai-se apercebendo que as coisas não são moralmente dicotómicas onde uma coisa ou é má ou é boa. A interação com Dan é muito boa para se conseguir perceber isto. Amenadiel ajuda muito no efeito cómico da série, sendo ele muitas das vezes o alvo das piadas de Lucifer pela forma como se comporta sempre demasiado correto. Amenadiel pode ir ficando mais humano ao longo série, mas o seu nome não fica mais difícil de pronunciar.

"Linda"

Linda (Rachael Harris) – Na qualidade de terapeuta do protagonista, Linda desempenha um papel fundamental assumindo-se como a confidente de Lucifer. Ao longo dos episódios, este consulta-a frequentemente quanto a tópicos da sua vida pessoal, incluindo a relação com Chloe e alguns membros da família. Contudo, devido às metáforas bíblicas e analogias que usa, este acaba por fazer com que Linda retire as suas próprias conclusões. Com o passar do tempo, Lucifer confessa a sua verdadeira identidade a Linda, tornando-a na primeira humana a descobrir da sua vida como ser celestial, na qual veste a pele do Diabo.

"Ella Lopez"

Ella (Aimee Garcia)Ella Lopez é  uma amável cientista forense no Departamento de Polícia de Los Angeles,  com uma personalidade caricata. Ella tem o hábito de abraçar constantemente pessoas e é conhecida por ter um grande sentido de humor e uma forte crença no cristianismo. Cresceu em Detroit, mas acabará por se mudar para Los Angeles onde conhece Chloe Decker e Lucifer Morningstar.

"Charlotte Richards"

Charlotte (Tricia Helfer) – Mãe de Lucifer e Amenadiel, Charlotte trata-se da encarnação terrena da Deusa depois de ter escapado da prisão, no Inferno. É descrita como “a deusa de todas as criações”, mas a sua origem exata permanece um mistério e sabe-se apenas que quer vingar-se de Deus, o seu ex-marido. Alegadamente responsável por grandes pragas e dilúvios no plano celestial, está exilada na Terra e a sua alma ocupa o corpo de uma advogada assassinada. Ao longo dos episódios, apercebemo-nos das dificuldades que enfrenta ao adaptar-se ao mundo humano. Como não gosta da vida terrena – continuando sem a entender verdadeiramente – , também não consegue lidar com os seus altos e baixos, algo que ajuda muito no lado cómico e engraçado da série.