Classificação

7.5
Interpretação
8.5
Argumento
8
Realização

[Contém spoilers]

Temporada: 1

Número de Episódios: 5

Com aproximadamente 15 minutos cada episódio, Instaverso apresenta-nos a história de Maria (Beatriz Barosa), uma jovem que descobre um portal para um mundo paralelo, denominado de Instaverso, que lhe permite entrar em qualquer publicação do Instagram. Assim, ela fica a conhecer a sua influencer favorita, a Inêsperada (Teresa Tavares), após entrar nas publicações desta. A aposta da ficção produzida pela Pixbee e disponível na RTP Play, ao contrapor a vida que Inêsperada apresenta no seu Instagram com a que realmente ela vive, tece uma crítica às redes sociais e ao quanto as aparências podem iludir.

Assim, este mundo paralelo do Instaverso contrasta imenso com a realidade, uma vez que apresenta uma vida perfeita, não só para Maria, que dessa forma consegue viver aquilo que sempre quis, ainda para mais ao lado da sua influencer favorita, como também para Inêsperada, dado que se ela vivesse o que realmente mostra nas suas redes sociais, a vida seria como a que vemos no Instaverso.

Esse contraste é bastante percetível ao longo dos episódios, e ainda mais no terceiro, que é quando Maria volta à vida real e é confrontada, por Inêsperada, com a verdadeira realidade. Não só referente ao facto de que a vida de Inêsperada não é assim tão perfeita como ela mostrava, mas também relativamente ao facto de que realmente ninguém conhece ninguém através das redes sociais. Maria tinha a ideia absurda de que por colocar likes em tudo o que Inêsperada postava e fazer tudo o que a influencer fazia, que a conhecia bem. Contudo, ela só conhecia aquilo que Inêsperada lhe apresentava, e isso não correspondia efetivamente à verdade, o que leva a que seja impossível conhecer realmente alguém. Se Maria realmente conhecesse Inêsperada saberia então, por exemplo, que esta estava grávida (não o sabia porque a influencer não tinha postado nada sobre isso na sua rede social) e que ao contrário do que esta dizia, abacate não era a sua fruta favorita, tanto é que não gostava desta.

Após este episódio as coisas começam a mudar, e a ideia que Maria tinha relativamente a gostar de ter a vida da influencer começa a desmoronar-se, uma vez que ela descobre que afinal tudo o que ela acreditava não passava de uma mentira. Maria percebe finalmente que não existem vidas perfeitas, nem mesmo a de Inêsperada (que ela tanto cobiçava), e que, portanto, a vida apresentada no Instaverso não é mais do que uma ilusão.

Quando ela se apercebe do que realmente quer, Inêsperada apaga o Instagram, o que faz com que Maria tenha que ir para outra publicação do Instagram, sendo que ela escolhe uma do seu noivo, o Miguel (Luís Garcia). Acompanhada por Miguel, ela tenta encontrar uma porta que a levará de volta ao mundo real, e durante esse percurso ela percebe novamente que aquilo não passa de uma ilusão.

Posto isto, só me resta dizer que gostei bastante da série e que valeu muito a pena ver, não só pela história apresentada, que consegue prender ao longo dos cinco episódios, mas também pelas lições que nos vão sendo transmitidas.

A questão em redor das redes sociais é bastante importante e atual, dado que estas fazem parte integrante do nosso dia a dia, sendo que quase não conseguimos viver sem estas. Muitas vezes o que nos é apresentado neste meio, não corresponde à realidade, principalmente quando são pessoas famosas (como o caso da Inêsperada), que querendo ou não acarretam uma pressão acrescida de serem vistos como role models. Isso leva a que muitas vezes façam e/ou digam coisas que não querem, pura e simplesmente para obter mais likes e reconhecimento. Essas vidas “perfeitas” levam, consequentemente, a que muita gente ambicione ter uma vida assim, o que faz com que estes não estejam satisfeitos com o que possuem e não apreciem aquilo que têm. Isso cria um ciclo de infelicidade que não é saudável.

O final da série deixou-me com esperança de que possa haver uma segunda temporada, e se for o caso, vou ver com toda a certeza. Quero não só saber se Inêsperada vai aguentar muito mais tempo sem ter conta no Instagram, e se sim, que benefícios é que isso lhe trouxe na sua vida pessoal, mas também se Maria vai conseguir voltar para o mundo real, e caso se verifique, se a experiência no mundo paralelo do Instaverso mudou efetivamente a maneira de ela ver a sua vida e se vai começa a dar mais valor ao que tem.

 

Episódio de Destaque:

Episódio 3 – É difícil escolher só um porque os episódios são poucos e são pequeninos e acontece sempre algo importante em cada um que nos faz gostar bastante do episódio. Contudo, o terceiro parece-me ser o mais importante da trama, dado que é neste que Maria é confrontada com a realidade de que afinal não conhecia a 100% Inêsperada, e que a vida dela não é assim tão perfeita como ela achava que era. Para além disso ela também é confrontada com o facto de que o que acontece no Instaverso não passa de uma ilusão. Ela pensava que aquilo que era demonstrado no mundo paralelo era realmente a vida de Inêsperada, contudo, após ver efetivamente a realidade (no mundo real por assim dizer), ela percebe então que na verdade o que é apresentado no Instaverso não é mais do que uma ilusão.

Personagem de Destaque:

Maria (Beatriz Barosa) – Sem dúvida que Maria é a personagem de destaque, sendo que é em redor dela que se centra a história. Ela é empregada doméstica e vive com o namorado, que acaba por se tornar noivo logo no primeiro episódio. Percebemos que ela não é feliz com a vida que tem, e que desejaria ter a vida de Inêsperada. Após descobrir o portal para o Instaverso a vida dela acaba por mudar e eu tenho esperança que ela realmente aprenda algo com o que experienciou e comece a dar mais valor àquilo que tem.

Cármen Silva