Classificação

7.5
Interpretação
7
Argumento
7
Realização
6.5
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Shippados é um original do Globoplay que estreou em 2019 e o episódio piloto não é nada mau. No centro da trama estão Rita e Enzo, dois jovens um tanto ou quanto peculiares que não têm tido muita sorte nos encontros amorosos conseguidos através de apps. Eles têm afugentado com relativa facilidade as pessoas com quem saem, quer porque escolhem temas de conversa um bocado absurdos, quer porque não são capazes de parar de falar, quer porque a sua vibe não é aprovada à primeira vista…

Depois, cada um deles também tem situações complicadas em casa. Rita vive com a mãe e acaba de descobrir que uma coisa que lhe foi contada acerca do pai há muitos anos é mentira. Só que é uma daquelas mentiras tão absurdas, que é incrível que ela tenha acreditado! Enzo, por sua vez, tem um colega de casa que adora sentar-se nu no sofá, juntamente com a namorada. Este par é completamente despudorado e acha que Enzo é o estranho por não querer que ninguém sente o rabo diretamente no sofá que todos usam. Nope, não é Enzo que é estranho, neste caso. Digo até que tinha legitimidade para ficar seriamente chateado por aqueles dois cromos se terem sentado na cama dele da maneira como vieram ao mundo. Todo este absurdo, quer dos encontros falhados, quer da vida em casa, gera situações algo engraçadas, mas que não se revelam ridículas na forma como são apresentadas. No entanto, este primeiro episódio falhou ao não me fazer rir.

A intro tem uma musiquinha engraçada, a história apresenta um certo equilíbrio entre o caricato e o fofo típico das comédias românticas e a verdade é que há potencial na química entre Rita e Enzo. Acho que a série pode revelar-se mais engraçada com o explorar da relação entre os dois, que são bastante diferentes, mas acabam por ser parecidos na sua awkwardness. Parece-me uma boa aposta para quem gosta deste estilo de comédia romântica, mas confesso que não é série que me tenha dado grande vontade de continuar a ver.

Diana Sampaio