Classificação

8
Interpretação
7
Argumento
6
Realização

[Não contém spoilers]

Diplos é o primeiro episodio da nova minissérie da Peacock – Dr. Death – que preza pelo suspense e mistério em torno de um carismático médico neurocirurgião. No total, a minissérie conta com oito episódios de cerca de 50 minutos cada um.

Baseado em acontecimentos reais, Dr. Death conta-nos a história do Dr. Christopher Duntsch, interpretado por Joshua Jackson (The Affair), conceituado neurocirurgião, numa altura em que as mortes e complicações durante as suas cirurgias atingem níveis fora do comum. Preocupados com a situação, os seus dois colegas, Dr. Randall Kirby (Christian Slater) e Dr. Robert Henderson (Alec Baldwin) tentam encontrar justificações para estes sinistros acontecimentos.

Dr. Duntsch é-nos apresentado como um sociopata, mimado, e com um ego bastante acima do tolerável, o que confere uma ótima interpretação do ator. Também vemos, durante este primeiro episodio, que o protagonista tem alguns problemas relacionados com a dependência, nomeadamente álcool.

No geral, o ambiente hospitalar está bem representado e aproxima-se o suficiente da realidade, e as restantes personagens têm o enquadramento adequado na narrativa.

A timeline do episódio é um pouco confusa, com vários avanços e recuos, com notas apenas visuais, portanto não será uma boa série para “se ouvir” enquanto se faz outra coisa!

No geral, a série pretende mostrar como funciona o sistema de saúde dos Estados Unidos da América, bem como os processos de contratação, e todas as lacunas que nele existem… Em nada se compara com o sistema nacional de saúde português, no entanto é interessante assistirmos a essas diferenças.

Se és um curioso como eu,  e tratando-se de uma minissérie baseada em factos reais, depois de ver o primeiro episódio é inevitável pesquisar mais um pouco sobre toda esta temática, e, apesar de ter ficado a saber como tudo termina, não me irá impedir de continuar a assistir esta história tensa e macabra no ecrã.

Miguel Mendonça