Classificação

8
Interpretação
5.5
Argumento
6.5
Realização
6
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

O novo sitcom da NBC, Mr. Mayor, estreou no passado dia 7 de janeiro, com este piloto, e conta-nos a história de um viúvo milionário chamado Neil Bremer (Ted Danson), que fica responsável pelo destino de Los Angeles, como presidente recém-eleito, mas há aqui um senão, este novo presidente não tem qualquer noção de como exercer o cargo e de como comandar a cidade. Basicamente vai aprendendo à medida que avança.

Apesar de atores valiosos e com cartas dadas neste género, no primeiro episódio ainda não consegui ver uma comédia muita cimentada, estava à espera de algo mais sarcástico, que se assemelhasse mais ao humor de Veep, ou então que tivesse as âncoras emocionais necessárias para uma comédia no local de trabalho (como The Office, por exemplo). Foram muitos diálogos rápidos e piadas rápidas.

Claro que é sempre difícil avaliar o quão boa uma comédia é, principalmente apenas com um episódio de 20 minutos. Tudo pode mudar no próximo e assim espero que aconteça. Será que veremos um velho comunista? Um egocêntrico com manias de poder? Ou um homem que vai surpreender tudo e todos pela positiva? Espero que algo de inesperado aconteça, pois não gostava nada que atores tão bons fossem desperdiçados com um mau script.

Para além disto, a  história da série está muito presente nos dias de hoje (principalmente para os americanos). Existem consequências claras quando alguém sem a experiência devida inesperadamente assume o cargo e se torna um líder político. Será que as veremos a acontecer aqui? Acredito e espero que sim. Todo o ambiente que se vive hoje pode então ser tanto bom como mau para o futuro da série. O seu sucesso vai estar provavelmente muito dependente de como eles lidam e moldam a história tendo em conta o mundo real.

Dito isto, tal como outras séries de comédia em locais de trabalho, Mr. Mayor começou com o pé esquerdo, mas espero que estejamos perante algo que vai levar uma reviravolta. Mesmo que isto não aconteça, com muita pena minha, pelo menos será sempre interessante ver a dinâmica e a relação entre as duas estrelas da série, Ted Danson e Holly Hunter.

Filipe Tavares