Grey’s Anatomy – 14×18 – Hold Back The River
| 09 Abr, 2018

[Contém spoilers]

Após uma grande quantidade de episódios que ficaram um pouco aquém das minhas expectativas, Grey’s Anatomy trouxe-nos Hold Back The River que, de certa forma, redimiu os episódios que o antecederam.

Resumidamente, neste episódio, Amelia, Koracick e DeLuca põem o seu projeto em prática ao realizarem uma cirurgia para remover o tumor cerebral do rapazinho de Caught Somewhere In Time. Entretanto, Jo e Meredith experimentam todos os polímeros que encontraram, numa tentativa de salvar o seu projeto. Ainda neste episódio, Arizona e Owen investigam um médico fraudulento e Richard conforma-se com o facto de não poder ajudar alguém que lhe é próximo.

Após obter o consentimento da mãe de Noah, o rapaz com o tumor cerebral, Amelia e a sua equipa preparam-se para a intervenção. Apesar do entusiasmo de Koracick, Amelia parece um pouco apreensiva – o que, tendo em conta tudo o que pode correr mal, é completamente aceitável. Ainda assim, tudo acaba por correr bem, sendo o caso de Noah um sucesso autêntico. Mas, como já é costume em Grey’s, as boas notícias são acompanhadas por más: apesar de Noah ter sobrevivido à cirurgia, parece que os nossos médicos não vão conseguir salvar Kimmie. Koracick e Amelia começam a considerar tratamentos alternativos para dar a Kimmie mais algum tempo, mas esta aparente desistência não agrada a Alex, que tem um dos seus outbursts de raiva.

Entretanto, Meredith e Jo concentram-se nas suas cobaias e nos sete polímeros diferentes que estão a experimentar. As duas médicas começam a ficar preocupadas quando os seus ratinhos começam a morrer um atrás do outro. No final do episódio, apenas um rato sobrevive e, surpresa das surpresas, é o único rato no qual não utilizaram o polímero. Após tantos episódios de volta deste assunto, a grande descoberta é que nunca precisaram do polímero.

Em simultâneo, Richard é surpreendido ao ver Olivia Warner (Mary Kay Place), a sua madrinha dos Alcoólicos Anónimos, no hospital. O nosso Dr. Webber fica furioso ao descobrir que, devido aos seus problemas de fígado, Olivia decidiu assinar uma ordem de não reanimação e faz de tudo para que Olivia sobreviva, mesmo contra a sua vontade. Ainda assim, os seus esforços não dão fruto, uma vez que a condição de Olivia é irreversível. Por fim, Richard apercebe-se que o seu motivo para querer que Olivia sobreviva é egoísta e conforma-se com o facto de esta não querer lutar mais.

Ainda neste episódio, Arizona revê duas das suas pacientes quando estas chegam ao hospital após um acidente de carro. Apesar de Arizona afirmar que o acidente não foi nada de especial, Dayna (uma das pacientes) revela ter cancro da mama. Dayna revela ainda que o seu médico garantiu que ficaria boa, o que alerta Owen e Arizona. O cheiro a esturro apenas se torna mais forte quando os nossos médicos tentam obter os registos médicos de Dayna e recebem apenas desculpas da clínica que esta frequenta. Resolvem, então, aprofundar a sua investigação e ir undercover à clínica, onde o “Dr.” Hanson usa imagens falsas para diagnosticar um cancro mamário a Arizona. Owen e Arizona ficam completamente chocados ao descobrir que Hanson anda a submeter mulheres a quimioterapia quando estas não têm cancro e, após Owen o fazer provar o seu próprio remédio, reportam o caso às autoridades.

Não posso dar esta review por terminada sem antes fazer uma breve menção a April que, finalmente, está a regressar ao normal. Apesar de achar a mudança um tanto abrupta, gostei bastante do facto de a médica ter passado o episódio a pedir desculpas a todos aqueles que prejudicou, de uma maneira ou doutra, nestes últimos episódios. Acredito que foi um bom primeiro passo no que toca à redenção desta personagem. No entanto, estaria a mentir se não dissesse que o facto de April voltar ao normal faz com que me custe ainda mais aceitar a sua saída da série.

No geral, achei Hold Back The River um bom episódio, especialmente quando comparado aos episódios que o precederam. A única crítica negativa que lhe tenho a apontar é o facto de terem decidido cortar algumas cenas que, na minha opinião, trariam algo de diferente ao episódio.

Inês Salvado

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos