Classificação

8.5
Interpretação
7.7
Argumento
8.3
Realização
7.9
Banda Sonora

[Contém spoilers]

F*** Batman!

Titans da DC chegou e, para os fãs de super-heróis, esta era uma das séries mais esperadas do ano. Envolta em controvérsia com a sua distribuição a ser inicialmente exclusiva para o novo serviço da DC Universe, mas felizmente tendo depois sido a distribuição internacional adquirida pela Netflix; com as primeiras imagens da série a desiludir por completo; um trailer a dividir opiniões e uma afirmação estrondosa – “F*** Batman!”, a estreia de Titans tinha sobre ela os olhos do mundo e nós aqui também já temos a nossa opinião.

Titans não faz parte do Arrowverse, mas saindo das mentes de Geoff John (escritor de The Flash) e Greg Berlanti (produtor de The Flash e Legends of Tomorrow) é quase como se fizesse. A estes dois junta-se o genial Akiva Goldsman (Fringe), vencedor do Óscar em 2002 com o filme A Beautiful Mind.

Muita gente tem receio do tom negro da DC. Bem, Titans é negro, bem negro e nós adoramos. O ambiente pesado, os enredos obscuros, a violência brutal e o temperamento arrojado são só algumas das características da série. A isto junta-se um elenco que apenas com um episódio já demonstra ter gabarito para as ligas grandes. Brenton Thwaites ganha o título de MVP da noite, o que não quer dizer que as performances de Teagan Croft e Anna Diop também não mereçam ser anotadas.

Este piloto passa basicamente na apresentação das personagens principais: Dick Grayson, aka Robin; Rachel Roth, aka Raven; Koriand’r aka Starfire, e tivemos ainda uma aparição final de Gar Logan, aka Beast Boy. O episódio perde o seu tempo a estabelecer as situações em que cada uma das personagens se encontra e lentamente, mas de forma natural, quase como se fosse predestinada, vemo-las a serem apanhadas na mesma teia, num drama que sabemos que irá eventualmente terminar com a formação da equipa de super-heróis dos Titans.

Muitos mistérios ficam no ar e para todos queremos uma resposta: o que se passou entre Batman e Robin? Quem anda atrás de Raven? Qual é a cena com Starfire?

Sinceramente, eu, e penso que a maioria das pessoas, estava com mais receio de como Starfire ia ser representada, muito devendo-se às imagens iniciais não convencerem e aparentarem um cosplay de qualidade barata. Depois de ter a personagem e indumentária inseridas na história tudo faz muito mais sentido e ficamos rendidos a querer saber onde tudo vai dar e qual será o produto final quando a equipa se formar realmente.

É engraçado como na realidade a criminalidade na cidade de Detroit é das mais elevadas dos EUA, mas na série vemos que isso comparado com Gotham não é nada. Quem não quer visitar a cidade natal de Joker? Outro facto interessante é que a personagem de Konstantin Kovar durou uns poucos minutos em Titans, em contraste com a dor de cabeça que deu a Oliver Queen em Arrow.

A temporada está prevista ter 12 episódios a sair semanalmente a partir do dia 12 de outubro. Para além disso, não só a série já foi renovada, como um spin-off intitulado Doom Patrol também já tem estreia agendada para 2019. Estão à espera de quê para começarem a ver?

Se querem mais conteúdo dos Titans também temos algumas sugestões:

  • Teen Titans Go – The Movie: o tom não tem nada a ver com o desta série, mas é uma comédia de animação que vale mesmo a pena ver
  • Young Justice: com a 3.ª temporada confirmada para 2019 é a altura ideal para ver ou rever esta excelente série também de animação, mas num tom mais sério e com cenas de ação espectaculares.

Emanuel Candeias