Criminal Minds: Beyond Borders – 01×01 – The Harmful One
| 20 Mar, 2016

O franchise de Criminal Minds continua a alargar as suas fronteiras, criando o mais recente spin-off, intitulado Criminal Minds: Beyond Borders, protagonizado por Gary Sinise, Alana de la Garza, Daniel Henney, Annie Funke e Tyler James Williams. Beyond Borders deriva do mesmo conceito que a série principal, mas concentra-se em vítimas americanas fora do território nacional, permitindo ao espectador experienciar diferentes culturas à volta do mundo.

No ano passado recebemos um gostinho das personagens Jack Garrett, Matt Simmons e Russ “Monty” Montgomery, quando ajudaram a Unidade de Análise Comportamental do FBI a resolver um caso em Barbados. Em The Harmful One são adicionados mais dois membros: Mae, a médica-legista e Clara, uma agente especial amiga do grupo, a quem Jack solicita os seus serviços como agente da polícia e tradutora.

O destino escolhido para o piloto é a exótica cidade de Banguecoque, onde três turistas de mochila são raptados depois de trabalharem temporariamente numa quinta. Por ter premeditado o rapto com certa perspicácia e inteligentemente aproveitando-se da chegada de um tufão para apagar qualquer rasto do crime, a equipa desconfia que o unsub é um assassino em série, mesmo que a polícia da Tailândia discorde do termo.

A investigação avança com alguma rapidez e de uma maneira credível, pois o guião fez parecer que o unsub era muito fácil de encontrar. É aqui que vemos diferenças em relação a Criminal Minds, que se concentra tanto no comportamento e dia-a-dia dos criminosos como no difícil processo da BAU de captar tal comportamento com o intuito de desvendar a sua localização. Em consequência, o fim do episódio não teve nenhum impacto emocional e serviu apenas para impulsionar a personagem de Alana De La Garza a juntar-se à equipa.

Há que respeitar o facto de que o orçamento da série não permite filmar internacionalmente (todas as cenas do episódio provavelmente foram filmadas num estúdio ou numa parte mais florestal da América do Norte), mas isso pode ser compensado com um guião que respeita a cultura tailandesa e que ao menos explora os seus elementos mais obscuros (e alegres). No entanto, Beyond Borders limitou-se a mencionar algumas tradições funerárias e a falta de mulheres no escritório.

No que toca ao elenco, Sinise e De la Garza já são veteranos neste género de séries, tendo Sinise interpretado o conhecido Mac Taylor de CSI: New York, e De La Garza inúmeras personagens em séries como CSI: Miami, Law and Order, Forever e NCIS: Los Angeles, o que dá a ambos experiência suficiente para desempenharem detetives no pequeno ecrã.

Em suma, Criminal Minds: Beyond Borders tinha grande potencial para se diferenciar das outras dezenas de séries policiais, situando-se em diferentes partes do mundo e exibindo semanalmente diferentes culturas e etnias, porém desilude a nível do argumento e realização. Aplicando algumas mudanças, a série até pode mudar e, com um conceito tão interessante, poderá a ser tão boa quanto a série original.

 

Cátia Neto  

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos