personofinterest03x14

03×14 – Provenance

Depois de uma pequena interrupção, Person of Interest está de volta. Esta semana consolidou o registo de audiências dos últimos episódios, fazendo de Person of Interest uma das séries de maior sucesso da norte-americana CBS. Ainda assim, são valores que estão longe dos alcançados na primeira temporada.

Shaw tem vindo a cimentar a sua participação na série e na equipa. Este episódio é mais uma prova disso. O protagonismo começa a ficar mais repartido entre John e Shaw, algo que me parece positivo. São estilos diferentes e juntos acabam por cativar mais. Já simpatizei mais com John. Agora, estou com a Shaw. Ela é mais do género “disparar primeiro, perguntar depois”. O “martelo” da equipa, como disse Harold há algum tempo atrás. Os níveis de ironia dela também ajudam à festa. E, claro, quando ela se prepara, deixa toda a gente de queixo caído, ainda antes de partir para a ação.

A história desta semana centra-se em Kelly, ex-atleta olimpica chinesa que tem vindo a roubar diversos objetos antigos, de valor muito elevado. A equipa começa por tentar descobrir se Kelly é a vítima mas cedo ficam convencidos que se trata de uma criminosa, com fama de deixar um rasto de mortes por onde passa. Vemos muito de Shaw em Kelly. Falam a mesma “língua”. O caso torna-se mais delicado quando Shaw e companhia percebem que avaliaram mal a situação e deixaram Kelly numa posição comprometedora. Parece que afinal, não leva uma vida criminosa por opção própria.
A equipa acaba por ajudar Kelly num roubo, com o objetivo de recuperar a sua filha, Kai, que está refém de quem ordena estes roubos. Devo confessar que a harmonia entre toda a equipa e Kelly durante este golpe, é perfeita. Especialmente entre Kelly e Shaw.

Este foi dos episódios mais cativantes que vi nos últimos tempos. Não deixa de ser irónico que Shaw comece a imitar John quando decide disparar para os joelhos. Espero que não estejamos a perder o “martelo” da série.

Nota: 9/10

Ricardo Almeida