Elliot Page, que ficou conhecido no mundo televisivo pelo seu trabalho na série The Umbrella Academy no papel de Vanya Hargreeves, anunciou no passado dia 1 de dezembro, através das redes sociais, que é transgénero e que os pronomes com os quais se identifica, em inglês, são he/him e they/them.

O ator, que já tinha publicamente falado sobre os desafios associados ao facto de ser homossexual e o quanto ter que esconder a sua identidade o tinha afetado negativamente, tomou a decisão de publicamente revelar que tinha feito a alteração de nome na passada terça-feira. Num discurso extremamente positivo, Elliot diz que está “cheio de gratidão pelas pessoas que [o] apoiaram durante esta jornada” da sua vida.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by @elliotpage

Elliot Page não deixa, no entanto, de referir que a sua realidade como transgénero acarreta dificuldades, mencionando que “a discriminação para com pessoas trans é abundante, insidiosa e cruel” e que “resulta em consequências horríveis”, trazendo assim à superfície a consciencialização necessária que tem que acontecer na sociedade para com a comunidade trans. Page tem sido uma voz constante na luta contra a discriminação da comunidade LGBT+.

Nick Adams, o diretor da GLAAD, veio publicamente dizer no twitter que “[Elliot]  tem trazido personagens incríveis para o ecrã e tem sido um verdadeiro porta-voz representante de todas as pessoas LGBTQ. Elliot será agora também uma inspiração para inúmeras pessoas trans e não-binárias.” Ainda acrescenta numa nota carinhosa: “Nós celebramo-o. Todas as pessoas trans merecem ser aceites”.