Novo acordo evita greve dos argumentistas
| 02 Mai, 2017

Publicidade

Os argumentistas de televisão e do cinema concordaram com um novo contrato de três anos, que substitui o anterior, evitando assim o atraso e o cancelamento de muitos programas que a greve poderia provocar. O acordo foi feito numa reunião com os estúdios, que durou até à madrugada de hoje. O contrato irá seguir para a direção do Writers Guild of America para ser aprovado.

O impasse provocou tensões na indústria do entretenimento nas últimas semanas, pois os argumentistas e os estúdios discordavam relativamente a vários assuntos financeiros, como os salários mínimos, os seguros de saúde e os problemas causados pelos canais que cada vez pedem temporadas mais pequenas, impondo-se também questões como o aumento da popularidade dos streams. No entanto, ambos os lados fizeram progressos no que diz respeito a um acordo, durante o fim de semana.

Apesar de a maioria dos argumentistas ter votado a favor da greve, muitos deles afirmavam que não queriam fazê-lo, mas que essa posição era necessária para terem algum poder na mesa de negociações. Enquanto isso, os estúdios tentavam evitar a todo o custo uma paragem nas produções.

Relembre-se que a greve de há dez anos causou o cancelamento e o atraso de várias séries, mas, com este acordo, esse cenário parece ter sido evitado.

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Asli entre Herdeiros turca axn

Recomendamos