O argumentista do franchise de filmes John Wick, Derek Kolstad, irá escrever e desenvolver um argumento para ser criada uma série com base no popular jogo Dungeons & Dragons.

Este jogo, que inclui dados, um mestre e uma imaginação fértil, encorajou fãs de todo o mundo a fazer noites de jogos e a construir histórias de aventura. Durante a pandemia, os criadores do jogo fizeram algumas transmissões ao vivo que foram ficando mais populares e fizeram com que o jogo ganhasse um novo público.

É esperado que Kolstad, que também está a escrever o guião da série da Marvel The Falcon and the Winter Soldier para o Disney+, construa uma história que capture aspetos cruciais do franchise através de live-action. Porém, o estúdio Hasbro eOne também anda em conversações para usar o mundo de  Dungeons & Dragons como base para outros projetos.

Foram realizados três filmes de Dungeons & Dragons de 2000 a 2012, e outro filme baseado no jogo, que terá Chris Pine como protagonista, foi anunciado em dezembro e tem estreia prevista para 2022. O projeto passou por alguns realizadores, mas parou nas mãos de Jonathan Goldstein – argumentista de Spider-Man: Homecoming – e John Francis Daley – conhecido por interpretar o Dr. Lance Sweets em Bones.

Mesmo com outro filme a ser desenvolvido, o Hasbro eOne também pretende que uma série seja construída com base no mundo de fantasia do jogo. Ainda não foram revelados quais os planos de Kolstad para a história em si ou como é que este pretende expandir o franchise.

Dungeons & Dragons foi divulgado pela primeira vez em 1974 pelos seus criadores Ernest Gary Gygax e David Arneson, mas só começou a atingir a popularidade a partir dos anos 80. Atualmente, Dungeons & Dragons é, indiscutivelmente, um dos maiores franchises de encenação no mundo.