Séries RTP Lab: Astro-Mano entre as próximas estreias
| 21 Jun, 2024

Publicidade

O Séries da TV marcou presença na Casa do Desenho, esta quinta-feira, num evento de apresentação das novas séries da RTP Lab. Entre elas conta-se Astro-Mano, que estreou hoje, dia 21 de junho, na RTP Play.

Nos subúrbios de Lisboa, uma inesperada amizade intergaláctica transforma-se numa missão inadiável. Pedro (Pedro Ferreira) leva uma vida monótona e sem sentido e Astro-Mano (Filipe Santos) vive num planeta onde não lhe é reconhecido o seu valor. O encontro dos dois dá origem a uma amizade improvável que mudará a vida de ambos.

No evento, os criadores e protagonistas da série falaram um pouco sobre as suas personagens – se Astro-Mano é uma mistura entre O Principezinho e Jim Carrey, Pedro é só “um gajo normal” – e ainda sobre as dificuldades de produzir uma série de comédia de ficção científica. Ao serem questionados sobre que mensagem gostariam que os espectadores levassem com eles depois de verem Astro-Mano, Pedro só respondeu: “O amor é fixe”.

Para além de Astro-Mano, a RTP Lab apresentou mais três séries que irão estrear ainda este ano na RTP Play:

  • Lugar 54 conta com cinco episódios, todos passados no mesmo parque de estacionamento. Cada episódio conta uma história diferente, passando do romance ao terror, sem esquecer o drama, a comédia e o crime. Para os criadores da série, Bernardo Lopes (Casa do Cais) e Francisco Mira Godinho, “o objetivo […] é fazer do Lugar 54 um lugar comum, onde todos os espectadores irão ver ou reviver uma história que poderá ser sua. A experiência ultrapassará o ecrã, pois a próxima vez que o público parar num parque vai imaginar os objetos, as pessoas e as emoções que nele habitam”.
  • Desassossego acompanha dois jovens adultos e uma adolescente, todos eles com uma ligação à cultura das redes sociais. Cátia Silva, uma das criadoras da série, admitiu que o projeto nasceu da “necessidade de falar daquilo que conhece” enquanto alguém que sempre lidou com a saúde mental e com a ansiedade. A jovem acredita que, nesta era digital, grande parte da nossa “insatisfação pessoal” vem de “passarmos muito tempo no telemóvel” e é isso mesmo que ela decidiu explorar em Desassossego, através de personagens como uma influencer que já não quer influenciar. Para além de entreter, Cátia espera que a série faça os espectadores “refletir sobre a sociedade em que vivemos hoje e se realmente é importante estarmos tanto tempo ao telemóvel”.
  • Prisma entra no “maravilhoso mundo da arte” através de cinco protagonistas. A série contará com cinco episódios todos passados no mesmo dia, cada um com um protagonista diferente. Zé Bernardino, cocriador da série, contou que “a ideia principal era falar sobre perspetivas”, pelo que ambientar a série no mundo da arte foi um passo lógico, já que a arte é “a visão que cada um quer expressar de uma realidade que, sendo a mesma para toda a gente, cada um vê de maneira diferente”.

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

sissi sisi s2

Recomendamos