Curiosidades: I May Destroy You
| 15 Mar, 2022

Continuamos a trazer curiosidades sobre as tuas séries favoritas e desta vez vamos dar a conhecer-te algumas sobre I May Destroy You:

1. A série representa uma versão ficcional da agressão sexual de que Michaela Coel foi vítima e foi precisamente esse acontecimento traumático que a inspirou a fazer a série. Até a versão final estar pronta, Coel escreveu 191 rascunhos.

2. Um dos títulos provisórios da série era January 22nd, o mesmo nome do livro que a personagem de Michaela, Arabella Essiedu, escreveu.

3. Insecure, Russian Doll e o filme Us, de Jordan Peele, foram algumas das inspirações para esta série.

4. Michaela recebeu uma oferta da Netflix pela sua série, mas acabou por recusar e aceitar antes um acordo com a BBC, que lhe ofereceu poder total em termos criativos.

5. Assim que viu a gravação com a audição de Weruche Opia, Michaela soube que tinha encontrado a pessoa certa para o papel de Terry Pratchard, a melhor amiga de Arabella. Também Opia ficou com uma boa sensação em relação à sua primeira audição (de um total de três rondas).

6. Devido à temática delicada da série, havia sempre um terapeuta no set de filmagens. Ita O’Brien também foi contratada para ser a coordenadora de certas cenas mais íntimas, garantindo assim um ambiente de respeito e de segurança. No entanto, Opia optou por usar uma dupla para as suas cenas de maior intimidade, uma vez que a atriz prefere não as fazer.

7. A criadora, argumentista, protagonista e produtora executiva da série estava longe de imaginar o sucesso que I May Destroy You alcançaria e, a certa altura, foi inundada de tal forma com mensagens e tentativas de contacto, que acabou por alterar o endereço de e-mail.

Conhecias alguma destas curiosidades sobre I May Destroy You?

Publicidade

Populares

minx sugestão

obi-wan kenobi

Recomendamos