30 coisas que esperamos que aconteçam em 2016
| 30 Dez, 2015

No final do ano passado vimos muitos dos nossos desejos para 2015 tornarem-se realidade: a Netflix chegou a Portugal; embora sem grandes nomes na área de Cinema e TV, a Comic Con Portugal 2015 foi um sucesso; fomos inundados por crossovers e séries de super-heróis; a Tatiana Maslany foi nomeada para os Emmys e até parece que nos ouviram quando pedimos que a 6.ª temporada de Downton Abbey fosse a última. Não tivemos tanta sorte com os nossos desejos de que as “Tardes em Festa” dos canais portugueses aos fins de semana acabassem, nem que Game of Thrones parasse de matar tantos personagens, mas também não se pode ter tudo…

Para 2016 voltamos a compilar uma nova lista de 30 coisas que esperamos que se realizem pelo mundo das séries:

.

  1. Que a Netflix aposte mais no mercado português, adquirindo mais séries, tanto atuais como mais as mais antigas, que são sempre boas de rever. E, no mesmo sentido, que continuem a surgir e a ser melhoradas opções do género, como aconteceu com o Nplay, que nos permitem ver séries que de outra maneira estariam impedidas ao público em geral; e que novas soluções surjam num equilíbrio entre a pirataria ou serviços que cobram preços ridiculamente excessivos.
    .
  2. Como também deve ser o desejo de todos os fãs de Game of Thrones, e nós aqui somos vários: Que o Jon Snow não esteja morto!
    .
  3. Cá aguardamos mais séries de qualidade da Marvel como Jessica Jones e Daredevil, e que as mesmas não percam qualidade. Luke Cage e Iron Fist, aguardamos por vocês ansiosamente.
    .
  4. Que parem de ressuscitar personagens nas séries de fantasia/ficção científica, isto é, que os mortos continuem mortos! (Sim, estamos a falar para vocês Once Upon a Time, Arrow e séries da The CW em geral).
    .
  5. Que a moda dos remakes ou reboots acabe, porque há poucas probabilidades de que sejam melhores que as originais e só vão servir para encher calendário e tirar lugar a outras séries.
    .
  6. Mas já que este ano foi só notícias destas, que os revivals de The X-Files, Prison Break e 24 (mesmo sem o Jack Bauer) não estraguem o que as séries fizeram de bom.
    .
  7. E já agora, que Shadowhunters não seja a mesma desilusão que o filme, mas, novamente, parem de trazer tantas velhas séries e filmes assim de repente, porque de certeza que vai dar errado para a maioria – não é, Heroes: Reborn?
    .
  8. Que American Horror Story continue a criar aqueles psicopatas fantásticos como James March e John;
    .
  9. Que The Flash pare de fazer crossovers com Arrow, porque os fãs de Flash não têm que ser obrigados a ver Arrow para conseguir acompanhar a história e porque são completamente desnecessários uma vez que The Flash brilha sozinho (oh snap).
    .
  10. E como também temos uma pequena fangirl dentro de nós: Que o Daryl Dixon continue a respirar e sexy como sempre.
    .
  11. E já que estamos a falar de The Walking Dead, que o Negan seja tão bom como nos comics. Alguns de nós ficaram um pouco desiludidos com o Governador, esperamos que compensem com o Negan.
    .
  12. Que The Affair não descarrile na 3.ª temporada porque séries destas não se encontram todos os dias.
    .
  13. No mundo Netflix era óptimo que, na 2.ª temporada, Sense8 continuasse a manter a estrondosa qualidade da 1.ª . Por outro lado, Orange Is the New Black precisa de mudar de rumo e não descer de nível como aconteceu nesta 3.ª temporada. Esperamos algo bem melhor da quarta.
    .
  14. Que o salto temporal de Pretty Little Liars não estrague a série.
    .
  15. Que How To Get Away With Murder continue a ser fenomenal e a agarrar-nos ao ecrã a cada episódio.
    .
  16. Que a Comic Con Portugal 2016 mantenha a qualidade organizacional deste ano, mas que tenha um maior número de convidados de TV e Cinema e que a AMC, Netflix e FOX se juntem aos canais presentes este ano e, se possível, com convidados próprios (E que tal trazerem-nos a linda Alycia Debnam Carter, AMC?);
    .
  17. Já agora podemos também pedir assim uns nomes que nos deixem de queixo caído para a Comic Con Portugal, tipo Stan Lee ou George R. R. Martin?
    .
  18. Que a segunda temporada de Mr. Robot consiga manter a estrondosa qualidade da primeira, com Rami Malek e todo o elenco secundário no seu auge. E já que estamos a pedir que se mantenha a qualidade, que a última temporada de The Leftovers seja no mínimo tão boa quanto a segunda, que foi uma das grandes surpresas deste ano de 2015.
    .
  19. Embora esteja mais encaminhado para o contrário, esperamos que Vikings possa ser renovada para mais uma temporada pela excepcionalidade que tem apresentado e porque ainda há muita coisa para explorar.
    .
  20. Que Orphan Black comece a ser mais valorizada (e isto implica que a Tatiana Maslany ganhe Emmys e Globos de Ouro).
    .
  21. Exigimos mais séries de comédia com qualidade. E já agora, que New Girl seja cancelada, porque aquilo já não tem pontinha por onde se lhe pegue.
    .
  22. Que continuem a existir e a surgir protagonistas femininas fortes como Cookie Lyon (Empire), Annalise Keating (HTGAWM), Vanessa Ives (Penny Dreadful), os clones de Orphan Black, Jessica Jones e Sun Bak (Sense8).
    .
  23. Que chegue depressa o filme prometido pela HBO como desenlace de Looking. Aquele series finale deixou-nos com o coração apertadinho.
    .
  24. Também desejamos que Girls continue a ter sucesso, porque a Lena Dunham é BRU-TAL em todos os aspetos.
    .
  25. É tão bom ver Daniela Ruah, Diogo Morgado, Joaquim de Almeida e outros portugueses na televisão americana. Queremos continuar a ver mais atores tugas nas nossas séries.
    .
  26. Que as séries intermináveis tenham o tão esperado series finale. E que esse series finale seja tão fantástico que nos deixe de lágrima no canto do olho, para honrar tais séries.
    .
  27. Por outro lado, que os estúdios respeitem mais os fãs. Que comecem a olhar para a aceitação e feedback das séries antes de as cancelarem. Os fãs fazem o sucesso das séries. Se milhões de pessoas seguem uma determinada série, com uma avaliação de 8 ou 9 em 10, não é aceitável que a emissora a cancele só para ganhar espaço para novas apostas sem provas dadas. (Não estamos a falar de Person of Interest, por exemplo, é só impressão…)
    .
  28. Que novas estreias como The Magicians, Legend of Tomorrow e Shannara Chronicles sejam legen – wait for it – dary;
    .
  29. Esta ouvimos do Michael Ausiello e não conseguimos deixar de reproduzir: Que a Showtime acabe com House of Lies e liberte a Kristen Bell para que ela possa entrar no elenco de uma série que queiramos mesmo ver.
    .
  30. Last but not least, que os produtores da CBS tenham uma epifania e que se apercebam de que Person of Interest é uma das melhores séries em exibição no seu canal e que mudem de ideias quanto ao seu cancelamento. E já agora que não falte muito para nos darem uma data de estreia para a 5.ª temporada…

.

A equipa Séries da TV

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos