White House Farm: a minissérie que é baseada em acontecimentos reais
| 09 Nov, 2021

[Não contém spoilers]

A minissérie White House Farm estreou em janeiro de 2020 no canal ITV e não é um mero produto de ficção, uma vez que se inspira em acontecimentos reais que tiveram lugar no verão de 1985, em Essex, Inglaterra. É claro que a adaptação toma liberdades criativas, como é natural, mas confesso que o facto de ter como base eventos verdadeiros é um fator de interesse para mim.

White House Farm está disponível no serviço de streaming Disney+, onde vi o episódio piloto. Este está longe de ser muito bem conseguido, mas é difícil começar a ver uma série destas, ainda por cima com tão poucos episódios, e não a levar até ao fim. É um bocado aquela coisa de, como espectadora, gostar de me colocar no lugar de detetive.

Os primeiros minutos custam um pouco a passar e a história demora a ganhar ritmo, mas lá é feito o suficiente para captar a minha atenção e me fazer ansiar por mais. A coisa arranca a sério quando a polícia recebe uma chamada de um homem a alertar para a possibilidade de ter acontecido algo de muito grave na casa dos pais, onde estava também a irmã e os sobrinhos pequenos. A polícia demora séculos a decidir-se a entrar, pois primeiro faz imensas perguntas a Jeremy (Freddie Fox) e depois ainda fica à espera de uma série de reforços, mas lá o faz. A partir daí, descobrimos o cenário que foi encontrado na casa e o interesse aumenta exponencialmente.

Este tipo de séries já me ensinou a duvidar sempre daquilo que estou a ver, daquilo que está a ser dito e, sobretudo, do que parece muito óbvio, portanto foi automático começar a fazer isso logo ao início. Ainda não dá para tirar quaisquer conclusões sobre coisa nenhuma, mas a verdade é que não confio em Jeremy e palpita-me que não sou a única.

Confesso que este piloto, só por si, não é nada de especial, mas quero realmente saber o que aconteceu e assim que acabar todos os episódios tenciono ir para a internet pesquisar a história de base. Ninguém do elenco se destacou, embora haja ali um elemento da polícia com potencial para ser um personagem interessante, e em termos de argumento e realização também não há nada especialmente digno de menção, mas a curiosidade com que fiquei é mais do que suficiente para me fazer continuar.

Se gostas de séries sobre crimes, é uma aposta a espreitar, até porque são só seis episódios, mas não estejas com demasiadas expectativas logo à partida.

Diana Sampaio

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos