Boy Meets World: as aventuras de um miúdo dos anos 90
| 30 Ago, 2021

[Não contém spoilers]

Está disponível no Disney+ uma comédia bem antiga chamada Boy Meets World. Esteve no ar, na ABC, entre 1993 e 2000 e centra-se num rapazinho de 11 anos chamado Cory Matthews, interpretado por Ben Savage. Já tinha ouvido falar na série montes de vezes, mas nunca tinha visto nenhum episódio, por isso decidi espreitar o piloto.

Cory é um menino comum e não faz parte de nenhum dos estereótipos dos miúdos das séries. Não é um nerd, não é o rei da escola, é apenas um miúdo que gosta de almoçar com os amigos, de assistir a jogos com o irmão e de arreliar o professor, Mr. Feeny, interpretado por William Daniels, que também deu vida ao Dr. Craig Thomas em Grey’s Anatomy. A relação entre aluno e professor parece-me que irá ser um ponto muito importante da série, até porque Mr. Feeny parece ser alguém que tem realmente alguma coisa a ensinar, como poucos professores são capazes. Parece ser um daqueles professores que nos marcam para a vida e eu sei que tive um ou outro nesse sentido.

Para já, os amigos de Cory tiveram pouco tempo de ecrã e não tiverem direito a histórias próprias, mas creio que se tornarão mais relevantes com o avançar da série. Uma parte extremamente importante deste primeiro episódio da série é a família de quem Cory se “divorcia” por breves momentos. Sim, porque o miúdo sente-se abandonado pelo irmão mais velho e a família encara a questão com muita naturalidade, o que deixa Cory a sentir-se traído. Assim, passa uma noite na sua casa da árvore, onde tem uma visão privilegiada para a casa do seu vizinho, que é precisamente Mr. Feeny. Acho que isso ajudou Cory a ver o professor sob um prisma diferente.

O episódio é fofinho, tem alguns momentos engraçados, especialmente graças à irmã pequena e absolutamente adorável irmã de Cory, mas todos os personagens parecem ser alguém de quem é fácil gostar-se. Savage não me pareceu o ator mais natural deste mundo, mas o elenco é bastante razoável como um todo e, aliás, neste tipo de série isso não é fundamental encontrarmos grandes pérolas a nível de representação. Se bem que William Daniels é capaz de ser isso mesmo!

Não sei se Boy Meets World acrescenta muito ao panorama das comédias televisivas, mas por esta pequena amostra é mais do que justo dizer que faz um serviço muito superior ao da maioria das séries do género que estrearam nos últimos anos. Sou capaz de espreitar mais uns episódios para ver como a série evolui.

Diana Sampaio

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos