Club Istanbul – 01×01 – Episódio 1
| 08 Nov, 2021

[Contém spoilers]

No original Kulüp, Club Istanbul (ou The Club) é a nova série turca do catálogo da Netflix. Esta conta a história de Matilda (Gökçe Bahadir), uma ex-presidiária que se vê obrigada a trabalhar no Club Istanbul para impedir que a filha, Rasel (Asude Kalebek), vá a tribunal por ter atacado Çelebi (Firat Tanis), o gerente do clube, sendo que cedo se percebe que Matilda e Çelibi têm um passado em comum. A estas histórias também se vão juntar a de Orhan (Metin Akdülger), o dono do clube, e a de Selim (Salih Bademci), um artista visionário que tenta a todo o custo concretizar o seu sonho.

Quando comecei a ver o Episódio 1, por opção minha, pouco ou nada sabia sobre Club Istanbul, a não ser que se passava nos anos 50, mais propriamente em 1955, e que era uma série turca. Estes dois factos só por si já me pareciam suficientes para me fazer gostar da série, mas posso-te dizer desde já que, no final deste primeiro episódio, não foram os únicos motivos que me levaram a querer ver os restantes episódios sem pensar duas vezes.

Não poderia ter ficado mais surpreendida com a história apresentada! Ainda que possa, inicialmente, parecer um pouco confusa (dado que não conhecemos os personagens nem a ligação entre eles e a não familiarização com a língua e os nomes também não ajuda muito), assim que entramos no ritmo e começamos a perceber pouco a pouco a história, foi impossível não ficar bastante intrigada. Não só com o que se vai passar daqui para a frente, mas principalmente no que concerne ao passado de Matilde e o que a levou a matar aquele homem.

Para além disso, os personagens conseguem instantaneamente provocar algum tipo de sentimento em nós, quer positivos, quer negativos. Desde logo senti uma ligeira simpatia por Selim e acho que vai ser uma personagem extremamente importante, não só a nível individual, mas numa potencial amizade criada com Matilda.

Em contrapartida, Rasel mostrou, desde logo, ser uma pessoa extremamente mentirosa e calculista, provocando em mim um ligeiro sentimento de antipatia. Ainda assim, fiquei bastante curiosa para ver qual vai ser o desenvolvimento dado à personagem. Algo me leva a crer que os problemas em que se mete não ficam somente por este primeiro episódio. Além disso, também quero ver qual vai ser a importância na história de Fistik Ismet (Baris Arduç), o rapaz por quem Rasel parece ter um interesse amoroso.

Assim, só me resta ver os restantes cinco episódios que completam esta primeira parte de Club Istanbul e, quanto a ti, se ainda estás na dúvida quanto a dar uma espreitadela, acredita quando te digo que vai valer a pena!

Cármen Silva

Publicidade

Populares

calendário estreias

slow horses poster

Recomendamos