Classificação

8.1
Interpretação
7.6
Argumento
7.1
Realização
7.8
Banda Sonora

Contém SPOILERS!

Baseada nos livros com o mesmo nome, The Expanse é uma das apostas do canal Syfy para o mês de dezembro. Trata-se de um drama de ficção científica que acompanha a humanidade na colonização do sistema solar.

Confesso que parti para The Expanse com baixas expectativas. Embora seja um nerd de ficção científica, a Syfy tem deixado muito a desejar nas suas últimas produções. No decorrer deste ano, o canal já nos apresentou séries sobre aventuras espaciais, mas não acompanho nenhuma por falta de tempo e de interesse.

Duzentos anos no futuro. A Terra deixou de ser o único reduto do Homem. Assim que a evolução o pediu/exigiu, a humanidade começou a expandir-se pelo sistema solar. As Nações Unidas controlam a Terra, Marte assume-se como uma força militar neutra e boa parte da população vive em condições precárias no cinturão de asteroides que se situa entre Marte e Júpiter.

Os belters são uma população que vive e trabalha nos asteroides ou em Ceres, um planeta anão, do cinturão de asteroides. As suas condições de trabalho são miseráveis e muitos são aqueles que desejam revoltar-se contra os grandes planetas. Isto porque o fruto do seu trabalho não serve para melhorar o seu nível de vida, mas sim para enriquecer Terra e Marte.

Josephus Miller é um detetive que trabalha para a OPA (Outer Planets Alliance) em Ceres. É mal visto pelos seus compatriotas que o veem como um traidor. O destaque de Miller vai para o momento em que é contratado para encontrar Juliette Andromeda Mao, filha de um dos homens mais ricos do sistema solar. Para os mais distraídos, Juliette foi-nos apresentada na cena inicial… está prisioneira numa nave!

A caminho de Ceres está a nave Canterbury, um transportador de gelo, um dos bens mais preciosos do universo. Tudo estaria bem, não fosse o pedido de socorro que a nave recebeu. Assim que chegam ao local, apenas um número muito pequeno de tripulantes sobrevive, pois estava ausente da Canterbury. Sendo a água extremamente necessária em Ceres, prevê-se uma fase complicada para este planeta anão. Daqui surgem algumas questões: quem são os atacantes da Canterbury que querem dificultar a vida em Ceres? Quererão que Ceres declare guerra à Terra? Juliette está na nave atacante?

E terminou o episódio com poucas respostas, mas com imensas perguntas! Tratou-se de um piloto bem estruturado e os atores estiveram à altura. Não é uma série fantástica, mas é a melhor que surgiu no género nos últimos tempos. Ou seja, irei acompanhar The Expanse!

Rui André Pereira