The Mandalorian – 02×04 – Chapter 12: The Siege
| 24 Nov, 2020

[Esta review contém spoilers]

The Mandalorian conseguiu com este The Siege manter a qualidade lá no alto. Os últimos dois episódios superaram, de longe, os dois mornos primeiros episódios da segunda temporada. No entanto, parece que a coisa está estável para manter a qualidade (esperemos) até à última temporada. Não há dúvida que a série beneficia e muito quando faz episódios de 30/35 minutos em vez de uma hora completa. E isso viu-se nas últimas semanas.

Porém, não vos vou mentir. Depois uma engraçada e fofa cena em que Mando estava a ensinava o pequenote a mexer em fios, ele anuncia que terão de fazer uma paragem em Navarro para reparar a nave. Obviamente que a Razor Crest não ia aguentar mais naquele estado miserável. O meu medo foi imediato… “Não acredito que vamos ter outro filler!” Estavam a adiar, mais uma vez, o encontro com a jedi e isso só me deixou frustrada.

Fiquei preocupada por nada. Aliás, parece que The Mandalorian descobriu finalmente a sua história e neste episódio tivemos bastantes desenvolvimentos no foco principal da história: o Baby Yoda. É irónico, porque a Criança tem tido um papel muito secundário na temporada até agora, é mais um comic relief do que o poderoso ser que tanto nos encantou na primeira temporada. Contudo, quase tudo na série gira à volta dele, mesmo quando Jon Favreau o “coloca no banco”.

Em Navarro, Mando reencontra velhos amigos, Greef Karga e Cara Dune. Eles agora “estão encarregues” de Navarro, tendo conseguido transformar o planeta após os desastres da temporada anterior. E como é óbvio, pedem imediatamente a ajuda de Mando para uma missão. E é aí que a coisa fica interessante.

Supostamente em Navarro ainda existia uma antiga base do Império e Mando foi recrutado para ajudar a destruí-la. Pausa aqui para admirarmos a fantástica armadura do nosso mandalorian. É absolutamente fantástica. Visualmente, é do melhor. Cor de prata reluzente, cheio de gadgets e surpresas e à prova de qualquer bala no universo basicamente! Eu realmente tenho muita pena que ele não nunca retire o capacete (nem a beber ou comer!! Eu bem reparei no pormenor em que ele só levantava ligeiramente o capacete para ingerir algo. É tão frustrante.) mas a beleza e o trabalho por detrás daquela armadura merece ser mostrado constantemente.

Claro que a base não era um sítio abandonado. Muito pelo contrário. Estava ativa e recheadinha de planos diabólicos do suposto extinto Império e liderado pelo suposto morto Moff Gideon. E mais… a base era uma espécie de laboratório… com clones!! Tudo fica ainda mais macabro quando, através de uma gravação, descobrimos que o Império anda a injetar sague recolhido da Criança. No entanto, não foram bem sucedidos e a amostra de sangue tinha acabado. Sim, fiquei extremamente curiosa para saber qual era o plano e o que esperavam que acontecesse caso um sujeitos tivesse sido bem sucedido. Às tantas ainda nos vão mostrar isso esta temporada (fazendo muitas figas).

A parte verdadeiramente interessante veio com a fuga de Cara Dune e Greef Karga. Sim! Este tipo de fugas e perseguições foi uma das razões pelas quais me apaixonei pelo universo de Star Wars! É que foi tudo bom. Os efeitos especiais, a música (!!!!!) e a realização impecável. Toda a cena foi pensada ao pormenor e cada vez é percetível (muito aqui em The Siege) que The Mandalorian foi feito por verdadeiros amantes de Star Wars. Pena que Mando não estivesse ali com Cara e Karga, mas ele veio salvar o dia com a nave arranjadinha e o Baby Yoda a salvo. Adoro stormtroopers e fico mesmo contente que eles apareçam tantas vezes.

O Baby Yoda foi deixado numa escola, ficando sentado numa sala de aula com crianças (uma delas com penteado e estilo muitíssimo parecidos com Rey) e claro que teve de fazer das suas. Já sabemos que ele é uma criatura que está constantemente com fome. Portanto, foi com muito humor e sem vergonha que ele roubou descaradamente as bolachas ao seu colega do lado. Para melhorar, as voltas e reviravoltas na nave (que tiveram reações hilariantes por parte da Criança) fizeram com que o feitiço se virasse contra o feiticeiro… O pobre vomitou as bolachas. Momento de apreciação do Mando por ser um pai decente e limpar o vómito do filhote.

O nome do próximo episódio é The Jedi, o que quer dizer que nos vamos deixar de rodeios e conhecer em carne e osso Ahsoka Tano. Contudo, a visita terá surpresa porque o Império conseguiu colocar um localizador no Razor Crest. Bom plot twist. Mal posso esperar pela próxima sexta feira!

Maria Sofia Santos

 

 

Publicidade

Populares

Conversations With Friends

calendário estreias

the midnight club poster

Recomendamos