Classificação

7.5
Interpretação
8
Argumento
8
Realização
7
Banda Sonora

Contém Spoilers!!

Estamos a aproximar-nos a largos passos do midseason finale de Legends, e finalmente descobrimos qual é o demónio que anda atrás de Constatine e o porquê. E foi de acordo com as expectativas, apresentando um enredo bastante interessante. Neste episódio o caso habitual é sobre o assassino em série Mike the Spike, que ganhou esse cognome devido ao seu modus operandi. O seu espírito agora assombra o corpo de bonecos e continua a cometer homicídios, sendo que Sara, Ava, Ray e Mick tem que lidar com ele.

Se analisarmos apenas o caso não foi um episódio marcante, nem um particularmente imaginativo. Creio que foi mais utilizado para explorar a dinâmica entre Mick e Ava que não se andam a dar bem. Pelo menos até Mick salvar Ava do boneco assassino, algo que já era extremamente previsível que fosse acontecer. Ficamos sem perceber bem se o caso ficou resolvido e Mike foi derrotado ou não, isto devido às consequências catastróficas que a história de Constantine teve.

Constantine, ao regressar a New Orleans, torna-se incapaz de fugir ao passado, e caindo no erro em que muitas lendas já caíram, tenta mudar o passado sem olhar para as consequências. Achei a história toda do passado de Constantine muito adequada a ele mesmo, tornando a personagem dele e o seu cinismo mais profundos, mas talvez tenham levado isso a um extremo, porque não precisamos que Constantine refira a todo o momento que é um lobo solitário e um cínico. Nós já sabemos. Uma das coisas que tem que ser trabalhada em Legends é a capacidade de perceberem quando é que já deram o suficiente para o espectador perceber alguma coisa sem terem que esfregar isso na cara desnecessariamente.

Como seria de esperar Constantine não segue as regras e isso tem consequências catastróficas, sendo as principais dúvidas que ficam:

O que aconteceu a Zari e porque é que ela é um gato?

Agora que Charlie já consegue mudar de forma, irá abandonar a equipa? Se não irá assumir outro corpo que não o de Amaya, pondo fim à sua colaboração na série?

Com a timeline atual, Constantine nunca se juntou às lendas, como irão dar a volta a isto? Tenho a certeza que o irão tentar resgatar e salvar do demónio, mas será que ele irá voltar a fazer parte da equipa, ou isto é o fim dele? 

Num âmbito geral foi um episódio bastante bom, mas principalmente pela narrativa toda de Constantine, Charlie e Zari, porque Mick e Ava neste episódio não tiveram a sua participação mais feliz. A história está bem lançada e conseguiu apresentar alguns elementos de surpresa. Resta também descobrir o que se anda a passar no Time Bureau, mas de certeza que o pai de Nate é quem está por detrás da tentativa de rapto, para tentar explorar como utilizar estes seres.

O que acharam?

Raul Araújo