Unforgotten – 01×01 – Episode 1
| 12 Abr, 2018

Unforgotten trata-se de uma série de crime e drama estreada em outubro de 2015 – mas que só agora chegou aos EUA – e gira em torno de dois detetives, Cassie Stuart e Sunil Khan, que trabalham em conjunto na resolução de casos arquivados relacionados com desaparecimentos e homicídios. Logo nos primeiros minutos do seu primeiro episódio, sente-se uma atmosfera que faz lembrar Ficheiros Secretos, a série de sucesso dos anos 90.

Neste episódio vemos os detetives a investigar um cadáver encontrado na zona de um edifício bastante antigo. Ao analisar o cadáver em questão, é descoberto que este tem uma fratura na lateral do seu crânio, o que leva a crer que a causa da morte da pessoa em questão pode estar relacionada com isso. Cassie descobre uma chave, que parece ser de carro, mesmo ao lado do esqueleto e decide levá-la até ao laboratório, onde são feitos testes e se chega à conclusão que, tendo em conta o material, a chave não foi fabricada antes de 1949, dando uma ideia um pouco mais precisa de quando poderá ter ocorrido aquela morte. Testes mais avançados descobriram o número de série da chave e, ao levarem estes testes a um stand de automóveis antigos, Cassie e Sunil conseguem descobrir que, mais precisamente, a chave data de novembro de 1965 e que o seu carro correspondente foi vendido em janeiro de 1966 a um senhor chamado Stephen J. White, cuja viúva Kunil consegue contactar e fica a saber que o carro foi roubado em 1975.

Depois de descobrirem em investigações mais aprofundadas que o carro foi novamente comprado em 1977 num depósito de carros e depois, mais uma vez, em 1991 (desta feita por um senhor chamado Steve Bennet), a dupla consegue localizar o filho do último comprador (já falecido) e ele leva-os até ao que restava do carro. Entre as peças do mesmo, encontram uma mala com um diário no seu interior e levam-no ao laboratório para conseguirem mais detalhes acerca do seu dono, que desconfiam ser a vítima cujo cadáver encontraram, já que a viúva de Stephen White lhes garantiu que este não pertencia ao seu marido. No fim de alguns testes, conseguiram então descobrir alguns nomes e números de telefone registados nas páginas, que pertenciam a pessoas que foram aparecendo ao longo do episódio em histórias adjacentes ao enredo principal.

Achei o episódio bastante bem conseguido e considero particularmente interessante o facto de, no fim, descobrirmos que as pequenas histórias adjacentes à principal estavam, afinal, relacionadas com aquele caso. Acho sempre que este género de pormenores é arquitetado com bastante inteligência. Tendo em conta que toda a temporada da série irá explorar o que aconteceu neste caso, posso dizer com alguma segurança que qualquer pessoa fica curiosa em relação ao que irá acontecer a seguir, o que é sempre uma excelente forma de manter um telespectador agarrado a uma série. Eu certamente fiquei e, sendo fã do género, mal posso esperar por saber como se irá desvendar todo este caso. Portanto, penso que é caso para dizer ”não percam o próximo episódio, porque nós também não!”

Beatriz Reis

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

extraordinary disney poster

Recomendamos