Classificação

7
Interpretação
6
Argumento
6.5
Realização
6
Banda Sonora

[Contém Spoilers]

The Resident, a nova aposta da FOX, é um drama médico que nos conta o dia a dia dos médicos Conrad Hawkins (Matt CzuchryThe Good Wife), Devon Pravesh (Manish Dayal90210), Randolph Bell (Bruce GreenwoodAmerican Crime Story) e da enfermeira Nic (Emily VanCampRevenge) no Chastain Park Memorial Hospital.

A história começa com uma morte na mesa de operações devido a um erro do Dr. Bell, o cirurgião-chefe e a cara do hospital, já que este tem tremores numa das mãos (Parkinson, talvez?). Bell tenta encobrir esta situação e obriga todos os presentes na cirurgia a mentirem sobre o que realmente aconteceu.

Já Conrad, o badass lá do sítio e residente sénior, é a verdadeira estrela do hospital e vai ser ele o tutor de Devon, um fã incondicional de Bell, que está no seu primeiro dia de trabalho depois de ter sido o primeiro da sua turma em Harvard.

A primeira impressão de Devon em relação a Conrad não podia ter sido pior, pois este destrói-o de imediato e faz-lhe ver que ele ali não é ninguém e que ali sim vai aprender a ser um cirurgião. Como primeiro paciente, nada menos do que um croata que não fala inglês e ao qual é preciso fazer um exame retal.

Depois disto, o que decide Devon fazer? Queixar-se de Conrad à enfermeira Nic que, por sua vez, tem ou teve uma relação com Conrad e que lhe diz para aproveitar bem os ensinamentos de Conrad, porque ele é simplesmente o melhor.

Segundo paciente: Lily, uma paciente com cancro, que fica agora a cargo de Devon e com a qual ele ganha alguma cumplicidade e a quem acaba por salvar a vida.

Entretanto surgem novos pacientes e uma em especial marca Devon, uma toxicodependente que morre à sua frente, mas que ele consegue ressuscitar; porém, ela ficou sem oxigénio no cérebro demasiado tempo e apesar de estar viva é declarada a morte cerebral. Murro no estômago de Devon, mas que irá fortalecê-lo. No final, vemos Conrad preparar-se para parar a respiração assistida da rapariga, mas é interrompido por Nic.

Conrad entretanto descobre que o paciente de Bell morreu na mesa de operações e confronta-o, já que sabe o que se passa com ele e pelos vistos não é a primeira vez que uma morte por sua culpa acontece. No entanto, Bell não quer saber e segue com a sua aparente perfeita carreira, o que inclui a cirurgia com um método revolucionário a um paciente famoso e que devia ficar a cargo da Dr.ª Okafor (Shaunette Renée Wilson). Okafor é uma médica extremamente dotada e que contesta a decisão de Bell em fazer esta cirurgia, mas como precisa de uma carta de recomendação de Bell para conseguir o seu visto, permite que ele se intrometa na cirurgia e assuma o controlo. Mas na realidade, ele não assume o controlo, apenas aparenta, mas é Okafor quem manuseia o robô que faz a cirurgia. Aos olhos do público, Bell é a estrela e a cirurgia é um sucesso. Conrad descobre a verdade e penso que haverá mais contestação da sua parte.

Mais uma série médica que vive de casos pontuais, mas que maioritariamente se foca nas tensões, amores, ódios, invejas e todos os tipos de dramas entres as diferentes personagens e isso é mais do mesmo. Já vimos isso noutras séries do género e esta parece não trazer nada de novo. Foi um pouco uma desilusão e nem os nomes envolvidos (temos nomes de algum gabarito e com qualidade no elenco), nem as suas interpretações nos fazem agarrar ao ecrã e continuar a acompanhar a série.

David Pereira