Classificação

7
INTERPRETAÇÃO
6.5
ARGUMENTO
7
REALIZAÇÃO
7
BANDA SONORA

Este artigo pode conter SPOILERS!

A série começa com uma visão do futuro próximo da cidade de Atlanta. A destruição e uma visão apocalíptica é o que nos espera no 13.º dia após o contágio.

Mas voltemos ao 1.º dia.  O paciente zero é um imigrante ilegal do qual não se sabe muito, mas que trouxe uma estirpe do vírus H5N2 modificado para ser transmissível entre humanos. Até este ponto nota-se uma pesquisa séria sobre a Gripe das Aves. Até ao surto de 2005, no Japão, julgava-se que o vírus não seria transmissível entre humanos. A sua proximidade com o vírus H5N1 faz com que este seja usado na produção de vacinas veterinárias e existia (ou será que ainda existe?) um medo real de uma combinação entre os dois vírus e a criação de um super-vírusTodos estes medos e receios do mundo real foram condensados no universo de Containment.

Os pormenores epidemiológicos estão bem detalhados e respeitam os desejos de quem gosta de séries com um background científico realista. Ainda assim, o universo de séries que se foca em pandemias costuma – como é o caso de Containment – dar especial atenção aos vírus. A parte menos realista, relativamente ao universo da série, é a rapidez com que os sintomas aparecem após o contágio. Os sintomas pareceram-me um pouco exagerados, mas, ainda assim, esta possibilidade deixa-nos uma porta aberta para um cenário de guerra biológica.

Bem, ignorando estes detalhes, o piloto vai-se focar na tentativa de conter o vírus e encontrar uma possível vacina. Esta tarefa recai, em grande parte, sobre um membro da polícia de Atlanta, Lex Carnahan. Lex é retratado como um polícia sério e que não quer de todo entrar nos jogos políticos e mediáticos que o vírus irá trazer sobre a sua cidade. Mas verificamos que rapidamente muda de ideias quando a sua namorada, Christina Moses, e o seu colega, Chris Wood, ficam dentro da área em quarentena.

Seja qual for o progresso feito pela equipa médica em descobrir a fórmula certa, a temática de Containment não poderia parecer mais genérica. A luta, ou dinamismo, entre ambos os lados da barreira parece ser o ponto central. E a maneira como foi retratado no piloto parece um pouco excessiva. Ainda assim, o dinamismo humano entre os responsáveis por resolver esta questão deixa-nos viciados no enredo e nas promessas de uma história capaz de cativar os telespectadores.

Tiago Cortinhal