A polémica sexual na indústria televisiva continua e desta vez foi o despedimento de Danny Masterson da comédia The Ranch, da Netflix, a fazer notícia.

Alegações de violação feitas por quatro mulheres em março deste ano e que remontam a eventos ocorridos no início da década de 2000 estarão na origem da polémica, que voltou a estalar esta segunda-feira, quando algumas destas mulheres contaram ao Huffington Post que um executivo da Netflix lhes terá dito que não acreditava nas acusações. No mesmo dia, uma petição na internet que pedia o cancelamento de The Ranch atingiu o apoio de mais de 38 mil pessoas.

O ator negou as alegações e mostrou-se desapontado com a decisão da Netflix. Quanto ao gigante do streaming, disse em declaração que, em conjunto com os produtores, decidiram encaminhar as coisas no sentido de excluir Masterson da série, sendo que segunda-feira (ontem) foi o seu último dia na série e que “a produção vai retomar no início de 2018, sem ele”. No entanto, Masterson ainda irá aparecer na 2.ª metade desta 2.ª temporada e poderá regressar em partes da já anunciada terceira.

Entretanto, o Departamento de Polícia de Los Angeles está a investigar as queixas feitas contra o ator.