As atrizes Peyton Elizabeth Lee (Andi Mack) e Kathleen Rose Perkins (Episodes) vão protagonizar a nova série de comédia do Disney+, Doogie Kameāloha, M.D, um reboot de Doogie Howser, M.D.. Às duas junta-se ainda Jeffrey Bowyer-Chapman (UnREAL) num papel regular.

Escrita por Kourtney Kang (How I Met Your Mother e Fresh Off the Boat), Doogie Kameāloha, M.D irá passar-se nos dias de hoje no Havai e irá acompanhar Lahela “Doogie” Kameāloha (Lee), uma jovem de 16 anos que tenta conjugar a sua vida de adolescente com a sua carreira médica em ascensão. Ao seu lado, Lehala tem a família, que inclui a sua mãe irlandesa, a Dr.ª Clara Hannon (Perkins), que também calha de ser a sua supervisora e responsável pelo staff do hospital, e o seu pai havaiano que tem dificuldades em aceitar que a filha já não é uma criança.

Bowyer-Chapman irá dar vida a Charles, um médico residente do hospital que faz “parte do mundo fixe dos adultos” que tanto fascina Lahela.

Doogie Howser, M.D foi muito popular nos anos em que esteve no ar, entre 1989 e 1993. Contava com Neil Patrick Harris no papel principal e seguia a vida da sua personagem que, de forma semelhante à personagem de Lee, tentava equilibrar o desafio de praticar medicina com os típicos problemas de adolescente.

Doogie Kameāloha, M.D. quis retratar o poder feminino, re-imaginando a série, e para isso escolheu uma jovem atriz para o papel principal e também colocou a mãe da personagem principal como médica em vez do pai, como acontecia em Doogie Howser, M.D..

A série original foi criada pelo falecido Steven Bochco e por David E. Kelley. Até onde se sabe, este último não fará parte deste novo projeto, mas a viúva e filho de Bocho, Dayna e Jesse, serão produtores executivos.