A Disney+ encomendou dez episódios de uma nova comédia, Doogie Kameāloha, M.D. (título provisório), uma reinterpretação da popular série Doogie Howser, M.D., protagonizada por Neil Patrick Harris.

A série foi criada por Kourtney Kang (How I Met Your Mother e Fress Off the Boat) e é um projeto da 20th Television, uma chancela da Disney Television Studios.

Com argumento de Kang e com a ação a decorrer no Havai, nos dias de hoje, Doogie Kameāloha, M.D. segue Lahela “Doogie” Kameāloha, uma jovem de 16 anos que tenta conciliar uma carreira médica emergente com a sua vida de adolescente. A orientar Lahela (e também a complicar as coisas) está a sua família, incluindo a sua mãe irlandesa irascível, que também é sua supervisora no hospital, e o pai havaiano, que tem dificuldades em perceber que a filha já não é a sua menina.

A personagem principal reflete as próprias origens de Kang, que é, também ela, natural do Havai. Doogie Kameāloha, M.D., que está a ser desenvolvida para a Disney+ desde o início deste ano, deverá entrar em fase de produção ainda em 2020, para estrear no serviço de streaming em 2021. O processo de seleção do elenco principal já começou e o objetivo é que a série seja filmada no Havai.

Dayna Bochco e o filho, Jesse Bochco (NYPD Blue e Murder In the First), serão os produtores desta nova série, cuja produção executiva ficará a cargo Kang, Jake Kasdan e Melvin Mar.

A série original, que durou quatro temporadas e esteve no ar entre 1989 e 1993, na ABC, foi criada por dois daqueles que são considerados os melhores showrunners das últimas três décadas: o falecido Steven Bochco (NYPD Blue, Hill Street Blues e Murder In the First) e David E. Kelley (The Practice, Ally McBeal e Big Little Lies).