Harry Lloyd (Counterpart) vai ter um papel principal, juntamente com Alden Ehrenreich, em Brave New World, uma adaptação do romance de Aldous Huxley, de 1932.

Criada por David Wiener, Grant Morrison e Brian Taylor, Brave New World imagina uma sociedade utópica que conseguiu alcançar a paz através da proibição da monogamia, privacidade, dinheiro, família e até mesmo da história.

Como cidadãos de Nova Londres, Bernard Marx (Lloyd) e Lenina Crowne apenas conhecem esta ordem social rígida e, curiosos para explorar a vida fora dali, embarcam numa viagem para as Terras Selvagens, onde acabam por se ver envolvidos numa violenta rebelião. Estes dois são depois salvos por John, o selvagem (Ehrenreich), que foge com eles de volta a Nova Londres.

Numa sociedade que está organizada por castas, Bernard é um Alpha Plus que trabalha como conselheiro para o Gabinete de Estabilidade (Bureau of Stability), administrando Soma – um fármaco que induz a felicidade, distraindo as pessoas da ditadura em que vivem – aos cidades de Nova Londres.