A Netflix encomendou uma nova minissérie do produtor de American Crime Story, Ryan Murphy, focada no serial killer Jeffrey Dahmer.

A minissérie, intitulada Monster: The Jeffrey Dahmer Story, conta a história de um dos assassinos mais infames da América, que foi condenado por assassinar 15 homens e rapazes com os seus métodos, incluindo mutilação, necrofilia e canibalismo. Dahmer foi mais tarde morto na prisão por um colega recluso. A série centrar-se-á na perspetiva das vítimas de Dahmer e também analisará “a incompetência e a apatia da polícia que permitiu ao nativo de Wisconsin iniciar uma matança que durou vários anos”, com Dahmer a ser repetidamente quase capturado, mas depois deixado passar por um sistema de justiça que o via como inofensivo.

O elenco da minissérie ainda não foi anunciado, sendo que está a decorrer uma pesquisa pelo ator certo para interpretar Dahmer. Ainda assim, Richard Jenkins (Six Feet Under) deverá interpretar o pai de Dahmer, Lionel, um químico que mostrou ao jovem Jeffrey como branquear e preservar ossos de animais, uma técnica que Dahmer mais tarde usou nas suas vítimas.

Ryan Murphy será cocriador da série, juntamente com Ian Brennan, que trabalhou em Ratched, Hollywood e The Politician com Murphy. David McMillan vai escrever e ser produtor supervisor da série. Carl Franklin (Mindhunter) vai dirigir o piloto, com a colaboradora de Murphy, Janet Mock (Pose, Hollywood) a escrever e a realizar vários episódios também.