A HBO e a NBC deram luz verde a novas séries.

A primeira, Demimonde, de J.J. Abrams, está a ser descrita como “uma épica e íntima fantasia dramática de ficção científica.” O nome, Demimonde, é uma expressão francesa que se traduz por “meio-mundo” e que era usada para descrever hedonistas, que acreditam na doutrina filosófica de que o prazer é o bem supremo da vida humana.

No centro da trama espacial está uma família: a mãe, que trabalha como cientista, o marido desta e a filha de ambos. Os três veem-se envolvidos num acidente de viação que coloca a mãe em coma e a filha começa a explorar as experiências que a mãe levava a cabo na cave. Como resultado, acaba teletransportada para outro sítio – para o qual o pai acabará por segui-la – onde se irá deparar com uma força opressiva e monstruosa que ameaça o mundo.

Já a NBC, apostou em The Gilded Age, série do argumentista e produtor executivo de Downton Abbey, Julian Fellowes.

A ação de The Gilded Age decorre no ano de 1880, em Nova Iorque, num período de imensa revolta social, de grandes fortunas alcançadas e perdidas e de palácios que são maiores do que a Quinta Avenida. No centro da trama está Marian Brook, uma jovem observadora de uma família conservadora que decide infiltrar-se na vida dos vizinhos ricos, uma família constituída por um magnata implacável dos caminhos de ferro, George Russel, pelo seu filho devasso Larry, e a sua ambiciosa mulher Bertha.

A série tem estreia prevista para 2019 e estão encomendados dez episódios.

[Artigo atualizado a 07/02/18]