Três séries da Netflix veem os seus elencos reforçados.

Daybreak, a comédia dramática apocalíptica baseada na novela gráfica de Brian Ralph com o mesmo nome, irá receber Matthew Broderick (Ferris Bueller’s Day Off) no elenco, onde irá dar vida a Burr, o alegre e bem-disposto diretor da Glendale High. Ele sabe o nome de todos os alunos da escola e quais as suas personagens preferida no jogo Overwatch. Num mundo cheio de hashtags de #metoo, #blacklivesmatter e #timesup, Burr tenta genuinamente fazer parte da solução: um bom tipo e um defensor e aliado de todos. Mas, sejamos sinceros, “os miúdos podem ser monstros”.

Daybreak acompanha Josh, um adolescente de 17 anos que irá procurar a sua namorada, Sam, numa caótica cidade de Glendale. A sua demanda será acompanhada por uma dupla improvável: Angelica, uma pirómana de 12 anos, e Wesley, que outrora fora o bully de Josh, mas que agora é um samurai pacifista. Contudo, a sua vida será dificultada pelos Ghoulies, nome dado aos zombies, e por gangues peculiares (atletas mauzões e cheerleaders que agora são guerreiras amazonas).

Diana Maria Riva (Man With A Plan) terá um papel recorrente na série de comédia negra Dead to Me. A sua personagem será Ana, detetive na Polícia de Laguna. É sincera e assertiva e tem discussões frequentes com Jen (Christina Applegate) por causa da investigação da morte do seu marido.

Por fim, Lucifer, resgatada para uma 4.ª temporada pela Netflix, depois de ter sido descartada pela FOX, continua a somar novos nomes ao elenco. O próximo reforço para a série é a estreante Vinessa Vidotto, que irá interpretar o anjo Remiel.

Remiel é descrita como “uma irmã mais nova clássica” que admira o seu irmão mais velho, Amenadiel (D.B. Woodside), mas sente-se desvalorizada e ofuscada, enquanto tenta chegar ao nível dos seus padrões elevados. Remiel idolatra o irmão mais velho, mas lidar com o “cão-alfa” dos anjos nem sempre é fácil.