Estamos habituados a ver notícias de custos no mundo do cinema, contudo a nível da televisão, as despesas de produção vão passando despercebidas. A Coinage (via EW) resolveu elaborar uma lista das 7 séries mais dispendiosas, seja devido a locais exóticos escolhidos para as filmagens, a salários invejosos, a efeitos especiais elaborados ou a serviços streaming para todo o mundo.

O ranking começa por Sense 8, da Netflix, em sétimo lugar, com uma despesa de 9 milhões de dólares por episódio. Justifica-se com os oito protagonistas, cada um num local diferente do planeta. Segue-se Game of Thrones, Rome (ambas da HBO) e Friends, que rondam os 10 milhões de dólares por episódio. Rome acabou por ser cancelada ao fim de duas temporadas devido a este custo e Friends entra nesta lista apenas devido ao salário dos seis protagonistas.

Por incrível que pareça, a série médica ER encontra-se em terceiro lugar no ranking, com gastos a escalar de 1.9 milhões para 13 milhões de dólares por episódio, no decorrer das quinze temporadas.

The Get Down, a série musical da Netflix, chega em segundo lugar, com 120 milhões de dólares de despesa por temporada, principalmente devido a ter sofrido alterações na produção e aos direitos de autor das músicas.

The Crown, também da Netflix, leva a coroa do ranking ao gastar 130 milhões de dólares por temporada. Neste caso a despesa compensa, considerando os prémios que a série já arrecadou.