Cuba Libre destaca-se a nível internacional
| 11 Fev, 2023

Publicidade

A série portuguesa da RTP, Cuba Libre, que está prestes a estrear na Netflix (mas ainda sem data divulgada), irá integrar o Mercado de Séries (Berlinale Series Market) da Berlinale – Festival Internacional de Berlim, que decorre entre os dias 16 e 26 de fevereiro.

O projeto baseado em factos verídicos conta a história de Annie Silva Pais (Beatriz Godinho), filha única do diretor da PIDE (Política Política Portuguesa), munida de uma beleza e sensualidade notáveis, mas também dotada de um grande espírito de rebeldia. Aos 30 anos, em 1965, Annie encontra-se casada com um diplomata suíço e a morar em Havana. No entanto, decide deixar o marido e a família para trás para se entregar à revolução cubana onde secretamente se apaixona por Che Guevara. Cuba Libre acompanha assim a luta agitada de uma mulher em busca da liberdade e da sua verdadeira identidade.

Para além da presença no festival, a série foi ainda pré-selecionada para os Prémios Platino – Cinema Ibero-americano pela Entidade de Gestão dos Direitos Audiovisuais (EGEDA) e a Federação Ibero-Americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (FIPCA). O projeto encontra-se selecionado para as categorias de Melhor Minissérie ou Telessérie Cinematográfica, Melhor Interpretação Masculina em Minissérie ou Telessérie (Adriano Luz), Melhor Interpretação Feminina em Minissérie ou Telessérie (Beatriz Godinho) e Melhor Criador de Minissérie ou Telessérie Cinematográfica (Henrique Oliveira).

[Texto adaptado do comunicado de imprensa]

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

house of the dragon the black queen

Recomendamos